(19) 3044.8899

(19) 98124.8789

Clínica Odontológica em Campinas Odonthos | Dentistas em Campinas

BLOG ODONTHOS ODONTOLOGIA

A Clínica Odonthos oferece tratamentos Dentários e Faciais com equipamentos de última geração, com uma equipe de profissionais que proporcionam eficência e conforto.

 

"Resultado da busca por: fio dental"


Prevenção em saúde bucal na infância

Em 26/07/2016

 Folheto: Crianças

Folheto: Crianças

Folheto: CriançasComo devo cuidar dos dentes do meu filho
As crianças têm necessidade de cuidados bucais especiais que todos os pais devem conhecer. Entre esses cuidados estão a higiene bucal adequada, a prevenção da cárie causada pelo uso da mamadeira e a certeza de que seu filho está recebendo uma quantidade adequada de flúo.

O que é cárie de mamadeira e como evitá-la
É a cárie causada pela exposição frequente a líquidos que contêm açúcar, como o leite, às fórmulas comerciais preparadas para bebês e os sucos de fruta. Nunca deixe a criança adormecer com a mamadeira de leite ou suco na boca. Ao invés disso, na hora de dormir, ofereça uma mamadeira com água ou uma chupeta que tenha sido recomendada pelo seu dentista. E após cada mamada, limpe os dentes e a gengiva da criança com um pano ou uma gaze umedecidos.

O que é o flúor? Como saber se meu filho está recebendo a quantidade certa?
O flúor faz bem antes mesmo de os dentes do seu filho começarem a aparecer. Ele fortalece o esmalte dos dentes enquanto estes estão se formando. Muitas empresas de distribuição de água adicionam a quantidade de flúor adequada ao desenvolvimento dos dentes. Para saber se a água que você recebe em casa contém flúor e qual a quantidade de flúor que é colocada nela, ligue para a empresa de distribuição de água no seu município. Se a água que você recebe em casa não tem flúor (ou não contém a quantidade adequada), fale com seu pediatra ou dentista sobre as gotas de flúor que podem ser administradas ao seu bebê diariamente. Se você usa água engarrafada para beber e cozinhar, avise seu dentista ou médico. É possível que eles receitem suplementos de flúor para seu bebê.
www.odonthos.com.br
19 3044-8899
 

CONTINUE LENDO...

Tags: cárie dental flúor nos dentes prevenção saúde bucal higiene bucal escova de dente  creme dental fio dental dentista campinas odontologia campinas clínica odontológica campinas  

Compartilhe:

A saúde bucal das crianças

Em 18/07/2016

 Como posso ajudar meu(s) filho(s) a cuidar dos dentes e evitar cáries?

Ensinar seu filho a cuidar dos dentes desde pequeno é um investimento que trará benefícios para o resto da vida dele. Comece dando o exemplo: cuide bem dos seus próprios dentes. Isto mostra a ele que a saúde bucal é importante. E atitudes que tornam o cuidado com os dentes algo interessante e divertido (como, por exemplo, escovar os dentes junto com ele ou deixá-lo escolher sua própria escova) incentivam a boa higiene bucal

Para ajudar seu filho a proteger seus dentes e gengiva e para ajuda-lo a reduzir o risco de cáries, ensine-o a seguir os seguintes passos:

  • Escovar pelo menos três vezes ao dia com um creme dental que contém flúor para remover a placa bacteriana (aquela película pegajosa que se forma sobre os dentes e que é a principal causa das cáries).
  • Usar fio dental diariamente para remover a placa que se aloja entre os dentes e abaixo da gengiva, evitando que ela endureça e se transforme em cálculo dental. Depois que o cálculo se forma, só o dentista pode removê-lo.
  • Adotar uma alimentação equilibrada, com pouco açúcar e amido. Estes alimentos produzem os ácidos da placa que causam cáries.
  • Ingerir alimentos com açúcar e amido durante as principais refeições e não entre as refeições (a saliva extra, produzida durante a refeição, evita que os resíduos alimentares se depositem nos dentes).
  • Usar produtos que contêm flúor (inclusive o creme dental). Certifique-se de que a água que suas crianças bebem contém flúor. Se a água não contiver flúor, seu dentista ou pediatra poderá prescrever suplementos diários de flúor.
  • Ir ao dentista para exames regulares.

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista em campinas prevenção em odontologia saúde bucal cárie flúor odontologia cambuí campinas clínica odontológica campinas aparelho móvel em crianças ortopedia funcional maxilar 

Compartilhe:

Aparelho fixo ortodôntico - Como Cuidar

Em 18/07/2016

 Quem usa aparelho ortodôntico sabe que é preciso ter alguns cuidados especiais com os dentes, principalmente se ele for fixo. Maus hábitos alimentares e pessoais podem ocasionar danos e prolongar o tratamento. E ninguém quer isso, não é mesmo? Então, fique atento a essas dicas, elas podem evitar problemas e fazer com que seu tratamento ocorra ainda melhor. 


Quais são os cuidados pessoais básicos? 
Evite roer unhas e morder canetas e lápis. Além disso, evite mexer ou cutucar o aparelho.

Quais são os cuidados com a alimentação? 
Evite comer doces duros ou grudentos demais, como: balas, chicletes e pirulitos. Quando for comer frutas ou vegetais, corte-os em pedaços. Também vale lembrar que morder gelo ou comer lanches muito duros também prejudica o seu aparelho ortodôntico.
 

Aparelho Ortodôntico
Como conter os danos causados pelo aparelho ortodôntico? 
Caso seu aparelho solte o fio ou o bracket, utilize cera ortodôntica para evitar feridas na boca. Depois é só informar o dentista o ocorrido para que ele faça a manutenção do aparelho.

O que devo fazer no dia em que meu aparelho for ajustado para diminuir o desconforto? 
Ingerir alimentos líquidos e pastosos ajuda a minimizar o desconforto neste momento.

Existe um fio dental especial para quem usa aparelho ortodôntico? 
É recomendado o uso do fio ou fita dental para quem usa aparelho fixo, ele desliza melhor entre os dentes e garante melhor limpeza.

Qual a melhor escova para quem usa aparelho ortodôntico? 
A escova Colgate Orthodontic possui cerdas com o sitema V-trim. Ela foi desenvolvida para a remoção eficaz da placa bacteriana e dos resíduos que ficam entre os dentes e ao redor do aparelho ortodôntico. Complemente a escovação com um antisséptico bucal. Colgate Plax elimina as bactérias da placa bacteriana e protege seus dentes da cárie.
www.odonthos.com.br
19 3044-8899

CONTINUE LENDO...

Tags: Ortodontia em campinas aparelho fixo autoligado campinas clínica de ortodontia campinas aparelho dentário de porcelana aparelho fixo safira aparelho dentário transparente aparelho fixo lingual 

Compartilhe:

Higienização de implantes dentários

Em 11/07/2016

 Técnica de escovação adequada

Técnica de escovação adequadaImediatamente após a implantação cirúrgica, a área onde o implante foi colocado ficará sensível, e você poderá ter dificuldade de usar uma escova de dente na região. Desse modo, para evitar a formação da placa use antissépticos bucais antibacterianos e/ou cremes dentais, conforme recomendação do seu dentista. Um ou dois dias após a inserção do implante você pode usar uma escova de dente extra macia para higienização da região. Uma vez que a prótese dentária (coroa, dente) for colocada, escove muito bem toda área ao redor do implante.
www.odonthos.com.br
19 3044-8899

CONTINUE LENDO...

Tags: implantes dentários prótese sobre implante implantes osseointegrados prótese tipo protocolo prótese dentária facetas laminadas de porcelana lentes de contato de porcelana dentista campinas odontologia cambuí campinas 

Compartilhe:

Escovação correta dos dentes

Em 04/07/2016

 Mesmo que você tenha escovado seus dentes e passado o fio dental por anos e anos, muitos se surpreendem ao saber que não estão fazendo isso de forma apropriada. Você sabia que uma escovação apropriada leva pelo menos dois minutos? A maioria dos adultos não chega nem perto de escovar os dentes por todo esse tempo.

Esses quatro passos são as formas mais fáceis e melhores de ajudá-lo a lembrar como cuidar de sua boca, de seus dentes e gengiva:

  1. Escove pelo menos três vezes ao dia com creme dental com flúor, por ao menos dois minutos, principalmente ao acordar e antes de dormir.

  2. Fio dental todos os dias – normalmente na hora de dormir.

  3. Reduza o consumo de lanches por dia.

  4. Vá ao dentista a cada seis meses para um exame bucal e uma limpeza profissional.
    www.odonthos.com.br
    19 3044-8899

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista campinas dentistas campinas prevenção em odontologia escovação dentária fio dental cárie dental clínica de odontologia clínica odontológica campinas  

Compartilhe:

Clareamento Dental - Branqueamento Dental

Em 14/06/2016

 Há muitas maneiras de clarear os dentes, de creme dental com ação clareadora a outros produtos que removem manchas superficiais a custos reduzidos, a técnicas ativadas por luz executadas no consultório de um dentista. 

Todas as técnicas de clareamento são realizadas de uma dessas duas maneiras:

  1. Procedimentos clareadores removem manchas extrínsecas e intrísecas.Procedimentos clareadores removem manchas extrínsecas e intrísecas.

     

    Procedimentos clareadores que modificam a cor natural dos dentes, deixando-os com tons de cinco a sete vezes mais claros. Tanto o clareamento realizado no consultório (assistida) quanto aquele realizado em casa (moldeira) utilizam alvejantes. Os princípios ativos mais freqüentemente contidos nos alvejantes são o peróxido de carbamida e o peróxido de hidrogênio a concentrações de 10 a 22%, que ajudam na remoção tanto das manchas superficiais quanto das profundas. Há diferenças de custo entre os diferentes procedimentos:

    • Uma sessão de clareamento ativada por luz no consultório do dentista, às vezes chamadas clareamento assistido (clareamento no consultório),  e seus resultados são dentes muito mais brancos, instantaneamente. Porém, após um ano comendo e bebendo normalmente (café, chá, refrigerantes), seus dentes perdem ligeiramente a cor e novas manchas aparecem. Para ter seus dentes brancos novamente você deverá repetir a sessão de clareamento ativado por luz.

    • Uma moldeira personalizada criada pelo seu dentista para clarear os dentes em casa,  por arcada dentária, e deve ser usada durante muitas horas durante o dia, ou durante a noite por duas semanas. Quando você observa novas manchas, deve apenas usar a moldeira novamente por uma ou duas noites para removê-las.

    • Produtos vendidos sem receita nas farmácias para clarear os dentes incluem moldeiras que se adaptam depois de aquecer e morder, gel alvejante aplicado por um pincel.

  2. La abrasión  remueve mayormente manchas externasLa abrasión remueve mayormente manchas externas.

    Procedimentos não clareadores funcionam por ação física e/ou química para ajudar a remover manchas superficiais. Todas os cremes dentais recaem no uso de um leve desgaste para remoção de manchas superficiais entre consultas odontológicas. Cremes dentais clareadores contêm agentes químicos ou polidores para promover a remoção adicional das manchas. Uma limpeza profissional feita por uma dentista ou higienista também envolve desgaste para remoção de manchas mais externas causadas por alimentos ou tabagismo.

Cada um responde de maneira diferente a cada tipo de clareamento. Algumas pessoas respondem bem aos cremes dentais clareadores, enquanto outras, com dentes acinzentados ou outro tipo grave de descoloração, necessitam de facetas laminadas de porcelana(abordados ainda nessa sessão) para obter os sorrisos que sempre desejaram. Apenas seu dentista ou higienista podem determinar o que é melhor para você.
www.odonthos.com.br
 

CONTINUE LENDO...

Tags: clareamento dental branqueamento dental clareamento dentário branqueamento dentário estética dental facetas de porcelana dentária lentes de contato dentária odontologia campinas dentista campinas cambuí 

Compartilhe:

O que é placa bacteriana?

Em 15/05/2015

 Trata-se de uma película pegajosa e incolor, constituída de bactérias e restos alimentares que se forma sobre os dentes. É a principal causa de cárie e gengivite. Se não for removida diariamente, endurece e forma o tártaro.

Como saber se tenho placa bacteriana nos dentes?

Todos nós temos placa bacteriana porque as bactérias estão sempre presentes em nossa boca. As bactérias aproveitam os nutrientes contidos nos alimentos que ingerimos e aqueles contidos na saliva para se desenvolver. A placa causa a cárie quando os ácidos que ela produz atacam os dentes o que acontece após as refeições. Sofrendo esses ataques repetidos, o esmalte dos dentes pode se desfazer e abrir caminho para a formação de cárie. Não sendo retirada, a placa bacteriana pode também irritar a gengiva ao redor dos dentes, causando gengivite (a gengiva fica vermelha, incha e sangra), periodontite e perda dos dentes.

Como posso evitar a formação da placa bacteriana?

É fácil evitar a formação da placa bacteriana. Basta você:

  • Escovar bem, no mínimo três vezes ao dia, principalmente após as refeições, para remover a placa bacteriana de todas as superfícies dos seus dentes.
  • Usar fio dental diariamente para remover a placa bacteriana que se instala entre seus dentes e sob a gengiva, onde a escova não pode alcançar.
  • Limitar a ingestão de alimentos com muito açúcar ou amido, especialmente aqueles que grudam nos dentes.
  • Visitar seu dentista regularmente para fazer limpeza e exame completo dos dentes.

CONTINUE LENDO...

Tags: dentista campinas dentista em campinas clínica de odontologia campinas clínica odontológica campinas dentista cambuí campinas dentistas cambuí campinas dentistas especialistas cambuí campinas-sp 

Compartilhe:

O QUE É CÁRIE?

Em 26/03/2015

O que é cárie?

 

“Cárie” é uma outra forma de denominar a deterioração do dente. A deterioração do dente é fortemente influenciada pelo estilo de vida do indivíduo – o que come, como cuida dos dentes, a presença de flúor na água ingerida e o flúor no creme dental de uso. A hereditariedade também tem um papel importante na predisposição de seus dentes para se deteriorarem.

Embora a cárie seja mais comun em crianças, adultos também estão sujeitos a ela. Os tipos de cárie são:

  • Cárie coronária –é o tipo mais comum. Ocorre tanto em criança como em adultos. A cárie coronária se localiza nas superfícies de mastigação ou entre os dentes.
  • Cárie radicular - à medida que envelhecemos, as gengivas se retraem, deixando partes da raiz do dente expostas. Como não existe esmalte cobrindo as raízes do dente, estas áreas expostas se deterioram facilmente.
  • Cárie recorrente - a deterioração pode ocorrer em volta das restaurações e coroas existentes. Isto porque estas áreas tendem a acumular placa, que acabam levando à deterioração.

Os adultos estão especialmente sujeitos a apresentar cárie quando sofrem de xerostomia (boca seca), uma doença causada pela falta de saliva. A xerostomia pode ser decorrente de alguma doença, de medicamentos, da radioterapia e da quimioterapia, e pode ser temporária (dias ou meses) ou permanente, dependendo de suas causas.

A cárie constitue um sério problema. Se não for tratada, uma cárie pode destruir seu dente e atingir a polpa (nervo), o que pode resultar em um abscesso, uma área de infecção na ponta da raiz. Uma vez formado o abcesso, ele só pode ser tratado através do tratamento do canal, de cirurgia ou da extração do dente.

Como eu sei se estou com cárie?

Apenas seu dentista pode dizer com certeza se você tem cárie. Isto porque a cárie se desenvolve embaixo da superfície do dente, onde você não pode vê-la. Quando você ingere alimentos que contenham carboidratos (açúcar e amido), estes carboidratos são digeridos pelas bactérias da placa, produzindo ácidos que corroem a estrutura do dente. Com o tempo, o esmalte do dente começa a fraturar por debaixo da superfície, enquanto a parte externa permanece intacta. Quando uma quantidade suficiente de esmalte sob a superfície já tiver sido destruída, a superfície se desmorona, expondo a cavidade de cárie.

É maior a probabilidade da cárie se desenvolver em fóssulas e fissuras nas superfícies de mastigação dos dentes posteriores, nos espaços entre os dentes e próximo à linha da gengiva. Mas, independentemente de onde ocorrem, a melhor maneira de identificá-la e tratá-la, antes que se torne séria, é visitando seu dentista regularmente para avaliações.

Como posso ajudar a evitar a cárie?

  • Escove os dentes pelo menos duas vezes ao dia, e use o fio dental diariamente, a fim de remover a placa bacteriana entre os dentes e sob a gengiva.
  • Faça avaliações regulares. O cuidado preventivo pode evitar que os problemas ocorram e que problemas menores se tornem sérios.
  • Adote uma dieta balanceada, com pouco açúcar e amido. Quando ingerir estes alimentos, procure comê-los durante a refeição, e não como um lanche, para minimizar o número de vezes que seus dentes são expostos ao ácido.
  • Utilize produtos de higiene dental que contenham flúor, incluindo o creme dental e o enxaguatório.
  • Certifique-se de que a água que suas crianças bebem contenha flúor. Se a água fornecida em sua localidade não contém flúor, seu dentista ou pediatra pode prescrever suplementos de flúor diários.
  •  
  • www.odonthos.com.br
  • #ODONTHOSODONTOLOGIA

 

 

CONTINUE LENDO...

Tags: DENTISTA CAMPINAS DENTISTAS CAMPINAS ORTODONTIA LINGUAL INVISÍVEL ORTODONTISTA DENTISTA CAMBUÍ CAMPINAS APARELHO FIXO DENTÁRIO AUTOLOGADO IMPLANTE DENTÁRIO PRÓTESE DENTÁRIA 

Compartilhe:

Quais são os estágios da gengivite?

Em 16/03/2015

 O que é gengivite?

A gengivite é uma inflamação da gengiva que pode progredir e atingir o osso alveolar. É este que envolve e sustenta os dentes. É causada pela presença da placa bacteriana ou biofilme dental, uma película incolor e pegajosa que se forma continuamente nos dentes. Se não for removida diariamente por meio da escovação e do uso do fio dental, a placa bacteriana pode se formar e as bactérias nela contidas poderão infeccionar não apenas a gengiva e a região ao redor dos dentes, mas acabarão por atingir o tecido abaixo da gengiva e o osso que suporta os dentes. Isto pode fazer com que os dentes fiquem amolecidos, caiam ou tenham que ser removidos pelo dentista.

São três os estágios da doença periodontal:

  • Gengivite: Este é o primeiro estágio da inflamação gengival causada pela placa bacteriana que se forma na margem da gengiva. Se a escovação e o uso do fio dental diariamente não forem suficientes para remover a placa, ela produzirá toxinas que podem irritar o tecido gengival, causando a gengivite. Você pode notar algum sangramento durante a escovação e o uso do fio dental. Neste primeiro estágio da doença, o dano pode ser revertido, já que o osso e o tecido conjuntivo que seguram os dentes no lugar não foram atingidos.
  • Periodontite: Neste estágio, o osso e as fibras de sustentação que mantêm os dentes em posição são irreversivelmente danificados. Ao redor da sua gengiva pode começar a se formar uma bolsa que avança para baixo da gengiva e onde ficam armazenados os detritos e a placa bacteriana. O tratamento dentário adequado e a higiene bucal minuciosa em casa, em geral, podem ajudar a prevenir danos maiores.
  • Periodontite avançada: Neste estágio final da doença, as fibras e os ossos de sustentação dos dentes estão destruídos, o que faz com que os dentes migrem ou mudem de lugar ou se tornem abalados ou com mobilidade. Isto pode afetar sua mordida e, se o tratamento não for eficaz, você corre o risco de perder seus dentes.
  • www.odonthos.com.br
  • #ODONTHOSODONTOLOGIA

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista campinas dentistas campinas dentista em campinas dentistas em campinas odontologia campinas e valinhos clínica odontológica cambuí campinas dentista cambuí campinas dentistas no cambuí campinas 

Compartilhe:

Os medicamentos podem afetar minha saúde bucal?

Em 04/03/2015

 Sim, os medicamentos podem apresentar efeitos colaterais na boca, dos quais a “boca seca" é o efeito colateral mais comum. Não deixe de informar seu dentista sobre os medicamentos que você está usando, mesmo aqueles que comprou sem receita médica.

Os seguintes medicamentos podem causar o ressecamento da boca:

  • Anti-histamínicos (Antialérgicos);
  • Descongestionantes;
  • Analgésicos;
  • Diuréticos;
  • Medicamentos para pressão alta;
  • Antidepressivos.

Outros medicamentos podem causar inflamações, ulcerações, dormência, formigamento, distúrbios de movimento, alterações do paladar e, durante a escovação ou do uso do fio dental, sangramento excessivo da gengiva. Se perceber quaisquer desses sintomas, consulte seu dentista ou médico.

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista campinas dentistas campinas dentistas em campinas dentista campinas odontologia campinas odontologia em campinas clínica de odontologia cambuí campinas odontologia campinas e valinhos-sp 

Compartilhe:

COMO CUIDAR DA SAÚDE DO MEU BEBÊ

Em 15/02/2015

 

Os bons cuidados bucais começam cedo na vida. Mesmo antes dos dentes do bebê nascerem, existem alguns fatores que podem afetar sua futura aparência e saúde. Por exemplo, a tetraciclina, um antibiótico comum, pode causar a descoloração ou manchas nos dentes. Por esta razão, não deve ser usada por mães que estão amamentando ou mulheres na segunda metade da gravidez.

Como os dentes do bebê geralmente nascem por volta dos seis meses de idade, não há razão para usar os procedimentos padrão da higiene bucal, ou seja, a escovação e o uso do fio dental. Mas, os bebês têm necessidade de cuidados bucais especiais que todos pais devem conhecer. Entre esses cuidados estão a prevenção das cáries causadas pelo uso da mamadeira e a certeza de que seu filho esta recebendo uma quantidade adequada de flúor.

O que são as cáries de mamadeira e como evitá-las?

São cáries causadas pela exposição freqüente a líquidos que contém açúcar, como o leite, as fórmulas comerciais preparadas para bebês e os sucos de fruta. Os líquidos que contém açúcar se acumulam ao redor dos dentes por longos períodos de tempo, enquanto seu bebê está dormindo, provocando as cáries, que primeiro se desenvolvem nos dentes anteriores, tanto da arcada inferior quanto da superior. Por esta razão, nunca deixe sua criança adormecer com a mamadeira de leite ou suco na boca. Ao invés disso, na hora de dormir, dê a ele uma mamadeira com água ou uma chupeta que tenha sido recomendada pelo seu dentista. Ao amamentar, não deixe o bebê se alimentar continuamente. E após cada mamada, limpe os dentes e as gengivas do seu bebê com um pano ou uma gaze umedecidos.

O que é o flúor? Como saber se meu bebê está recebendo a quantidade certa de flúor?

O flúor faz bem mesmo antes de os dentes do seu filho começarem a aparecer. Ele fortalece o esmalte dos dentes enquanto estes estão se formando. Muitas empresas de distribuição de água adicionam a quantidade de flúor adequada ao desenvolvimento dos dentes. Para saber se a água que você recebe em casa contém flúor e qual a quantidade de flúor que é colocada nela, ligue para a empresa de distribuição de água no seu município. Se a água que você recebe não tem flúor (ou não contém a quantidade adequada), fale com seu pediatra ou dentista sobre as gotas de flúor que podem ser administradas ao seu bebê diariamente. Se você usa água engarrafada para beber e para cozinhar, avise seu dentista ou médico. É possível que eles receitem suplementos de flúor para seu bebê.

CONTINUE LENDO...

Tags: Odontologia em campinas e valinhos clínica odontológica cambuí campinas e valinhos dentista em campinas dentistas em campinas dentista cambuí campinas ortodontia implantes estética dental aparelhos fixo de porcelana 

Compartilhe:

CUIDADOS COM SEU APARELHO FIXO ORTODÔNTICO

Em 23/01/2015

 Folheto: Aparelho Ortodôntico

Aparelho Ortodôntico

Quem usa aparelho ortodôntico sabe que é preciso ter alguns cuidados especiais com os dentes, principalmente se ele for fixo. Maus hábitos alimentares e pessoais podem ocasionar danos e prolongar o tratamento. E ninguém quer isso, não é mesmo? Então, fique atento a essas dicas, elas podem evitar problemas e fazer com que seu tratamento ocorra ainda melhor. 

Quais são os cuidados pessoais básicos? 
Evite roer unhas e morder canetas e lápis. Além disso, evite mexer ou cutucar o aparelho.

Quais são os cuidados com a alimentação? 
Evite comer doces duros ou grudentos demais, como: balas, chicletes e pirulitos. Quando for comer frutas ou vegetais, corte-os em pedaços. Também vale lembrar que morder gelo ou comer lanches muito duros também prejudica o seu aparelho ortodôntico.
 

Aparelho Ortodôntico
Como conter os danos causados pelo aparelho ortodôntico? 
Caso seu aparelho solte o fio ou o bracket, utilize cera ortodôntica para evitar feridas na boca. Depois é só informar o dentista o ocorrido para que ele faça a manutenção do aparelho.

O que devo fazer no dia em que meu aparelho for ajustado para diminuir o desconforto? 
Ingerir alimentos líquidos e pastosos ajuda a minimizar o desconforto neste momento.

Existe um fio dental especial para quem usa aparelho ortodôntico? 
É recomendado o uso do fio ou fita dental para quem usa aparelho fixo, ele desliza melhor entre os dentes e garante melhor limpeza.

Qual a melhor escova para quem usa aparelho ortodôntico? 
A escova Colgate Orthodontic possui cerdas com o sitema V-trim. Ela foi desenvolvida para a remoção eficaz da placa bacteriana e dos resíduos que ficam entre os dentes e ao redor do aparelho ortodôntico. Complemente a escovação com um antisséptico bucal. Colgate Plax elimina as bactérias da placa bacteriana e protege seus
dentes da cárie.
www.odonthos.com.br
#ODONTHOSODONTOLOGIA

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista cambuí campinas dentistas em campinas e valinhos odontologia cambuí campinas ortodontia em campinas aparelho fixo autoligado de porcelana aparelho invisível lingual ortodontista campinas e valinhos 

Compartilhe:

COMO USAR FIO DENTAL

Em 23/01/2015

 Como usar o fio dental

 

Qual a maneira correta de usar o fio dental?

Quando usado corretamente, o fio dental remove a placa bacteriana e os resíduos de alimentos das áreas onde a escova dental não tem acesso fácil, como, por exemplo, a linha da gengiva e as áreas entre os dentes. O uso diário do fio dental é altamente recomendável uma vez que a placa bacteriana pode levar ao aparecimento de cáries e doenças gengivais.

Para usar o fio dental de maneira correta faça o seguinte:

  • Enrole aproximadamente 40 centímetros do fio ao redor de cada dedo médio, deixando uns dez centímetros entre os dedos.
  • Segurando o fio dental entre o polegar e indicador das duas mãos, deslize-o levemente para cima e para baixo entre os dentes.
  • Passe cuidadosamente o fio ao redor da base de cada dente, ultrapassando a linha de junção do dente com a gengiva. Nunca force o fio contra a gengiva, pois ele pode cortar ou machucar o frágil tecido gengival.
  • Utilize uma parte nova do pedaço de fio dental para cada dente a ser limpo.
  • Para remover o fio, use movimentos de trás para frente, retirando-o do meio dos dentes.

Que tipo de fio dental devo usar?

Há dois tipos de fio dental:

  • Fio de nylon (ou multifilamento)
  • Fio PTFE (monofilamento)

Existem no mercado fios dentais de nylon, encerados ou não, com uma grande variedade de sabores. Como esse tipo de fio é composto de muitas fibras de nylon, ele pode, às vezes, rasgar ou desfiar, especialmente se os dentes forem muito juntos. Embora mais caro, o fio de filamento único (PTFE) desliza facilmente entre os dentes, mesmo com pouco espaço, e não se rompe. Usados de maneira adequada os dois tipos de fio removem a placa bacteriana e os resíduos de alimentos.
www.odonthos.com.br
#ODONTHOSODONTOLOGIA

 

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista campinas dentista cambuí campinas dentistas em campinas dentista em campinas e valinhos prevenção em odontologia clínica de odontologia em campinas Clínica odontológica cambuí campinas-sp 

Compartilhe:

Higiene bucal da gravidez a primeira infância

Em 20/01/2015

 Pré natal

Siga estes passos para garantir uma boca saudável.

  • Faça um "checkup" dental.
    Faça uma limpeza e avaliação de seus dentes. Tenha certeza de que todo tratamento seja feito. Os germes que causam as cáries podem passar para seu bebê depois de ele nascer.
  • Escove os dentes três vezes ao dia
    Escove os dentes pelo menos três vezes ao dia. Use uma escova macia. Tenha certeza de colocar as cerdas da escova no local onde a gengiva e os dentes se encontram. É aí que a gengivite começa.
  • Passe o fio dental diariamente. 
    Passe o fio dental diariamente para limpar entre os dentes, onde a escova não alcança.
  • Limite o número de vezes que você ingere doces ou lanches a base de amido no dia. Doces ou lanches a base de amido podem fazer com que seus dentes sofram "ataques ácidos". Doces e refrigerantes podem causar cáries. Coma mais frutas e legumes.
  • Faça o Pré-natal. Siga os conselhos de seu médico. Isso é importante tanto para a sua saúde quanto para a de seu bebê.
  • Receba a quantidade adequada de cálcio. Você necessita de cálcio para a formação dos ossos e dos dentes de seu bebê. Leite, queijos, feijão e folhas são fontes de cálcio.
  • www.odonthos.com.br
  • #ODONTHOSODONTOLOGIA

CONTINUE LENDO...

Tags: Prevenção em odontologia dentista em campinas dentistas em campinas clínica odontológica cambuí campinas e valinhos-sp odontologia campinas e valinhos dentistas especializados ortodontia implantes dentários estética dental 

Compartilhe:

Mau Hálito

Em 19/01/2015

 Folheto: Mau Hálito

Folheto: Mau Hálito

A halitose não é uma doença, mas um sintoma de que algo não vai bem no organismo. Por isso, é fundamental determinar a causa do odor desagradável na boca, para introduzir o tratamento que, às vezes, pode exigir a participação de especialistas em diferentes áreas.

Folheto: Mau HálitoCausas

  • Má conservação dos dentes, inflamação da gengiva, pedaços de alimentos retidos entre os dentes, abscessos.
  • Menor produção de saliva (por isso, o odor matinal é sempre mais forte do que os que ocorrem durante o dia).
  • Ressecamento da boca decorrente de jejum prolongado, desidratação, exposição ao ar condicionado, estresse, uso de certos medicamentos, assim como respirar pela boca e falar por muito tempo.
  • Presença de saburra lingual, isto é, de uma placa bacteriana esbranquiçada, amarelada ou amarronzada, que se forma sobre a língua.
  • Consumo excessivo de álcool.
  • Infecções como amidalites, sinusites, etc.
Como tratar esse problema?
Escove bem os dentes pelo menos três vezes ao dia e use fio dental diariamente para remover a placa bacteriana e as partículas de alimento que se acumulam. Lembre-se também de escovar a língua.

Se você utiliza dentadura, remova-a antes de dormir e limpe-a bem antes de recoloca-la de manhã. Visite seu dentista regularmente para fazer revisões e limpezas em seus dentes.

Se o seu mau hálito persistir mesmo após estas medidas, consulte seu dentista, já que isso pode ser a indicação da existência de um problema mais sério. Só o dentista poderá dizer se você tem gengivite, boca seca ou excesso de placa bacteriana, que são as causas mais frequentes do mau hálito.

Folheto: Mau HálitoRecomendações
  • Beba bastante água, pelo menos dois litros por dia, para manter a boca sempre umedecida.
  • Evite permanecer muitas horas sem alimentar-se; o jejum prolongado favorece o aparecimento da halitose.
  • Capriche na higiene bucal. Quando escovar os dentes, use também o fio dental e passe a escova especialmente na região posterior da língua.
  • www.odonthos.com.br
  • #ODONTHOSODONTOLOGIA
  •  

CONTINUE LENDO...

Tags: Halitose mau hálito dentista em campinas dentistas em campinas Cirurgião dentista especialista cambuí campinas clínica odontológica campinas e valinhos-sp clínica de odontologia cambuí campinas e valinhos-sp 

Compartilhe:

DIABETES X PROBLEMAS DE SAÚDE BUCAL

Em 11/11/2014

Existe uma ligação entre as doenças gengivais e diabetes?

Dos 21 milhões de americanos que têm diabetes, muitos podem ficar surpresos com uma inesperada complicação associada com esta condição. 1, 2 Pesquisas sugerem que há uma prevalência aumentada de doenças gengivais (gengivite e periodontite) dentre aqueles com diabetes, somando as doenças gengivais a uma lista de outras complicações associadas com diabetes, tais como doenças cardíacas, acidentes vasculares encefálicos isquêmicos (derrame cerebral) e doenças renais.3

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista em campinas dentistas cambuí campinas clínica odontológica em campinas odontologia campinas cirurgião dentista implantes dentários prótese dentária estética dental clareamento dental Valinhos-SP 

Compartilhe:

MITOS SOBRE ORTODONTIA LINGUAL

Em 10/11/2014

A Ortodontia Lingual é uma técnica ortodôntica fixa, onde os braquetes são colados nas faces linguais dos dentes. Assim como qualquer outra técnica ortodôntica, não diagnostica ou trata determinado tipo de caso clínico. É uma ferramenta de trabalho que, se usada adequadamente, irá permitir que alcancemos uma posição dentária ideal, dentro de uma oclusão funcional, em harmonia com as ATMs e musculatura associada. É totalmente dependente de um diagnóstico e um planejamento de tratamento coerente. A falta de conhecimento da técnica lingual faz com que profissionais menos atualizados criem diversos mitos acerca da mesma.

CONTINUE LENDO...

Tags: Ortodontia dentária lingual invisível ortodontista em Campinas clínica de odontologia em campinas clínica odontológica em campinas dentista em campinas aparelho dentário de porcelana Valinhos-SP 

Compartilhe:

Como escolher a escova dental correta

Em 22/10/2014

 Que tipo de escova devo usar?

Não é fácil decidir qual o tipo de escova usar, já que o mercado oferece inúmeros tipos, formas e tamanhos. Contudo, lembre-se de que:

  • A maior parte dos dentistas concorda que as escovas macias são mais eficientes para remover a placa bacteriana e os resíduos de alimentos. De preferência, a escova deve também ter cabeça pequena para poder mais facilmente alcançar todas áreas da boca, como, por exemplo, os dentes posteriores.
  • Com relação ao tipo de cabo (por exemplo, flexível ou não), formato da cabeça da escova (retangular, cônica, etc.) e estilo de cerdas (com pontas planas, arredondadas, em diferentes níveis, etc.), escolha o que for mais confortável para você. O importante mesmo é usar uma escova que se ajuste bem à sua boca e alcance todos os dentes.
  • Consulte seu dentista e peça uma orientação sobre a melhor escova para seu caso

Quando devo trocar minha escova dental?
Troque sua escova de dentes a cada três meses ou quando as cerdas estiverem desgastadas. Além disso, é muito importante trocar de escova depois de uma gripe ou resfriado para diminuir o risco de nova infecção por meio dos germes que aderem às cerdas.

CONTINUE LENDO...

Tags: Escova dental fio dental prevenção em odontologia dentista campinas dentistas em campinas e Valinhos clínica odontológica Cambuí Campinas-SP clínica odontológica em Valinhos-SP 

Compartilhe:

PREVENÇÃO EM SAÚDE BUCAL

Em 15/10/2014

 Entre a gengiva e o dente existe um espaço, sulco gengival,(vamos
compara-lo à cutícula de unha), que em condições normais atinge até 3mm
de profundidade. Após as refeições, os restos alimentares (placa bacteriana), penetram nesses espaços e após 72 hrs. Endurecem , formando o tártaro, este é duro e áspero, irritando e inflamando a gengiva, provocando sangramento ao leve toque da escova. Esta gengiva inflamada descola do osso e esse por sua vez reabsorve, com processo contínuo, após algum tempo o dente fica mole e caí. 

A única maneira de se evitar isto, é uma boa escovação, após cada
refeição, com escova macia e fio dental. Coloca-se a escova entre o dente e a gengiva à 45 graus e faz-se movimentos vibratórios (vai e vem), sem colocar força, deve ser movimento delicado para não retrair a gengiva, e expor a raiz dental. Encoste o fio dental no dente e desça e suba-o lustrando, dente por dente, a cada lado, após isso, três bochechos bem fortes com água.
DICA - Passe a língua nos dentes, por dentro e por fora, se estiver liso está bom, caso contrário escovar até que fique liso. 
APÓS INGERIR ALGUM ALIMENTO (REFRIGERANTE,CAFEZINHO, BALA, ETC.),
 O PH FICA ALTERADO PÔR MÉDIA DE 45 MIN., PROPENSO À CÁRIES, APÓS ISSO INICIA-SE O PROBLEMA PERIODONTAL. PORTANTO, É IMPORTANTE TER HORA CERTA PARA COMER E ESCOVAR, BELISCAR ENTRE AS REFEIÇÕES PODE-SE FICAR COM O PH ALTERADO O DIA INTEIRO, PROPENSO ÀS CÁRIES.

CONTINUE LENDO...

Tags: Prevenção em odontologia saúde bucal dentista em campinas odontologia cambuí Campinas clínica odontológica Cambuí Campinas  dentistas especializados ortodontia em valinhos dentista Valinhos-SP 

Compartilhe:

12 Fatores que podem causar mau hálito

Em 13/10/2014

1 – Beber pouco líquido
2 – Comer muita gordura e proteína animal ou comida muito temperada
3 – Fumar
4 – Usar enxaguatório com álcool frequentemente
5 – Tomar bebidas alcoólicas com frequência (mais de 2 vezes por semana )
6 – Ter o intestino preso
7 – Ficar muitas horas sem se alimentar
8 – Respirador pela boca
9 – Ter diabetes
10 – Sentir minha boca seca com frequência
11 – Não usar fio dental com frequência
12 – Não higienizar a língua durante a escovação provacando o esbranquiçamento da mesma. (saburra lingual) 

CONTINUE LENDO...

Tags: Prevenção em odontologia Cirurgião Dentista  clínica odontológica em Campinas Consultório de odontologia Cambuí Campinas Odontologia Valinhos-SP 

Compartilhe:

Aparelho ortodôntico Lingual ou aparelho dentário Invisível

Em 23/09/2014

  O que é ORTODONTIA LINGUAL?

     A Ortodontia Lingual é uma técnica para correção ortodôntica onde a aparatologia é fixada na face lingual dos dentes (interna, do lado da língua), possibilitando assim que o aparelho não seja visto. Proporciona uma correção das maloclusões com um "aparelho invisível", evitando o desconforto visual do aparelho metálico convencional para aqueles que desejam seu uso.

     Dentre as suas vantagens podemos citar:

» A Estética pessoal durante o tratamento, pois o aparelho não aparece. O "aparelho invisível" permite que os dentes sejam corrigidos sem que as pessoas notem o aparelho, melhorando a auto-estima do paciente. O seu uso está sendo procurado por artistas, modelos e figuras públicas, pois a ortodontia lingual é externamente invisível.

» Os aparelhos dentários linguais são indicados também para desportistas, pois em caso de impactos, não há risco de ferimentos causados pelo aparelho.

» A higienização do aparelho lingual, ao contrário do que parece, é mais fácil pois a língua promove a autolimpeza, ajudada pelos movimentos da língua e a maior quantidade de saliva presente na parte interna da cavidade bucal.

» A limpeza do aparelho dentário lingual é feita de maneira habitual. O fio dental pode ser utilizado sem auxílio de "passa-fios". Caso ocorram manchas no esmalte devido a uma má higienização, estas manchas estariam pela face interna dos dentes, evitando restaurações visíveis durante o sorriso.

» A adaptação ao uso do aparelho lingual é rápida, em menos de uma semana o paciente se adapta à suas formas, que são arredondadas. O tempo de tratamento não é maior que os aparelhos dentários tradicionais.

CONTINUE LENDO...

Tags: Aparelho dentário ortodôntico invisível Ortodontia Campinas ortodontista Campinas dentista em Campinas dentista Cambuí Campinas ortodontia  aparelho fixo dentário em Valinhos-SP 

Compartilhe:

Aparelho Lingual

Em 11/08/2014

  O que é ORTODONTIA LINGUAL?

     A Ortodontia Lingual é uma técnica para correção ortodôntica onde a aparatologia é fixada na face lingual dos dentes (interna, do lado da língua), possibilitando assim que o aparelho não seja visto. Proporciona uma correção das maloclusões com um "aparelho invisível", evitando o desconforto visual do aparelho metálico convencional para aqueles que desejam seu uso.

     Dentre as suas vantagens podemos citar:

» A Estética pessoal durante o tratamento, pois o aparelho não aparece. O "aparelho invisível" permite que os dentes sejam corrigidos sem que as pessoas notem o aparelho, melhorando a auto-estima do paciente. O seu uso está sendo procurado por artistas, modelos e figuras públicas, pois a ortodontia lingual é externamente invisível.

» Os aparelhos dentários linguais são indicados também para desportistas, pois em caso de impactos, não há risco de ferimentos causados pelo aparelho.

» A higienização do aparelho lingual, ao contrário do que parece, é mais fácil pois a língua promove a autolimpeza, ajudada pelos movimentos da língua e a maior quantidade de saliva presente na parte interna da cavidade bucal.

» A limpeza do aparelho dentário lingual é feita de maneira habitual. O fio dental pode ser utilizado sem auxílio de "passa-fios". Caso ocorram manchas no esmalte devido a uma má higienização, estas manchas estariam pela face interna dos dentes, evitando restaurações visíveis durante o sorriso.

» A adaptação ao uso do aparelho lingual é rápida, em menos de uma semana o paciente se adapta à suas formas, que são arredondadas. O tempo de tratamento não é maior que os aparelhos dentários tradicionais.

CONTINUE LENDO...

Tags: Aparelho Ortodôntico Fixo Lingual ortodontia Dentista Cambuí Campinas-SP dentista cambuí campinas clínica odontológica cambuí campinas odontologia campinas e valinhos-sp 

Compartilhe:

Prevenção Câncer Bucal

Em 03/07/2014

Se você não fuma nem masca tabaco, não comece a fazê-lo. O uso do tabaco é responsável por 80 a 90% das causas de câncer bucal.* 
Fumo - A ligação entre o fumo, o câncer pulmonar e as doenças cardíacas já foi estabelecida (1). O fumo também afeta sua saúde geral, tornando mais difícil o combate a infecções e a reparação de ferimentos ou de cirurgias. Em adultos jovens, este hábito pode retardar o crescimento e dificultar o desenvolvimento. Muitos fumantes afirmam não sentir mais o odor ou sabor tão bem como antes. O fumo também pode causar mau hálito e manchar os dentes. 
Sua saúde bucal está em perigo cada vez que você acende um cigarro, um charuto ou um cachimbo. Com esta atitude, suas chances de desenvolver câncer na laringe, na boca, na garganta e no esôfago aumentam. Como muitas pessoas não notam ou simplesmente ignoram os sintomas iniciais, o câncer bucal muitas vezes se espalha antes de ser detectado. 
Mascar tabaco - O hábito de mascar tabaco eleva em 50 vezes a possibilidade de se desenvolver o câncer bucal. 
O melhor a se fazer é não fumar nem usar  quaisquer outros produtos derivados do tabaco.   Quando uma pessoa pára de usar esses produtos, mesmo depois de vários anos de consumo, o risco de contrair câncer bucal se reduz significativamente. O consumo excessivo de bebidas alcoólicas também aumenta o risco de câncer bucal. A combinação fumo/álcool torna esse risco ainda muito maior.

* Instituto Nacional do Câncer, "O que você deve saber sobre o câncer de boca." Última revisão, 28 de set. 1998. (1) Compêndio da Educação Contínua em Odontologia 

1[Compendium of Continuing Education in Dentistry] , Vol. 19, #1 outono, 2000. 

CONTINUE LENDO...

Tags: Prevenção Câncer Bucal Odontologia preventiva Cambuí Campinas-SP 

Compartilhe:

Como escolher seu creme dental

Em 18/06/2014

Saber escolher o creme dental é importante para a saúde dos dentes
Dentes brancos e bem cuidados são um dos sinais mais evidentes de boa saúde. 
Prepare-se para escová-los bem e fazer do creme dental um aliado poderoso. Quando aplicado corretamente com a escova dental, ele limpa os dentes, remove a placa bacteriana, confere polimento às superfícies e restaurações dentais e, de quebra, combate o mau hálito.
É difícil escolher a melhor opção diante de tantas ofertas na prateleira do supermercado, certo? "A rigor não existe um produto que supere o outro em eficiência e segurança, dentro da sua indicação (anticárie, antitártaro, antiplaca, entre outros)", avisa o dentista Heitor Panzeri, consultor do Departamento de Avaliação de Produtos Odontológicos da Associação Brasileira de Odontologia (ABO) e professor da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da USP.
"A principal condição é que as substâncias usadas na formulação sejam compatíveis umas com as outras, para evitar que percam suas atividades", alerta Panzeri. Por isso, a melhor orientação virá do seu dentista. É ele que vai dizer o que merece uma atenção especial, assim ficará mais fácil descobrir qual princípio ativo procurar na pasta de dente. 
É comum encontrar no mercado um creme dental específico para cada finalidade. "A especificidade é muito difícil, porque um mesmo produto também têm vários benefícios. Por exemplo, pode ter ação anticárie principalmente pela presença do flúor, mas ele não deixa de ter ação antiplaca", explica o professor da USP.

CONTINUE LENDO...

Tags: Creme dental dentifrício pasta de dente saúde bucal  Cambuí-Campinas-SP 

Compartilhe:

Problemas Cardíacos e Odontologia

Em 13/06/2014

  Existe alguma ligação entre gengivite e problemas cardíacos?
 Em geral, os dados indicam que a gengivite crônica pode contribuir para o desenvolvimento de problemas cardíacos. Como isso acontece? A gengivite é uma infecção bacteriana que pode ter efeitos à distância da sua boca. Com relação a problemas cardíacos, há uma teoria que diz que a gengivite permite às bactérias entrarem na corrente sangüínea e aderir aos depósitos de gordura existentes nos vasos do coração. Isto pode causar coágulos e provocar um problema cardíaco.

 O relatório do Ministério da Saúde dos Estados Unidos sobre saúde bucal afirma que a saúde bucal é parte integrante da saúde geral. Por isso, escove os dentes, use fio dental e vá ao dentista regularmente.

 Com relação à saúde bucal, existem recomendações especiais para quem tem problemas cardíacos? 
 Para uma perfeita saúde bucal, você deve:

 Manter sua boca saudável. Isto é, escovar os dentes, usar fio dental diariamente e consultar o dentista regularmente;
Informe seu dentista a respeito de seu problema de saúde geral;
Siga com cuidado as instruções do dentista e de seu médico e use os medicamentos - como antibióticos, por exemplo - de acordo com as indicações.
 Os procedimentos dentários oferecem algum risco a quem tem problemas do coração? 
Se você tiver certos problemas cardíacos, existe a possibilidade de você desenvolver uma endocardite bacteriana, uma infecção do revestimento interno do coração ou das válvulas. Um sangramento na boca pode permitir que certas bactérias bucais entrem no sistema sangüíneo e atinjam as válvulas ou tecidos que foram enfraquecidos por um problema cardíaco préexistente. Nesses casos, a infeção pode danificar ou mesmo destruir as válvulas e os tecidos do coração.
 Há precauções que você deve tomar se estiver enquadrado em algum dos itens abaixo:

• Válvulas artificiais;
• Histórico de endocardite;
• Defeitos cardíacos congênitos;
• Válvulas cardíacas danificadas por problemas como, por exemplo, febre reumática;
• Prolapso da válvula mitral com sopro;
• Miocardiopatia hipertrófica.

  Não deixe de conversar com seu dentista sobre qualquer problema cardíaco que estiver sentindo e os medicamentos que está tomando. Ele anotará essas informações em seu prontuário e tomará decisões sobre o seu tratamento dentário em conjunto com o seu médico.

CONTINUE LENDO...

Tags: Odontologia problemas cardíacos cirurgião dentista Cambuí-Campinas-SP 

Compartilhe:

Fim do mal Hálito

Em 06/06/2014

O pesquisador israelense Yehuda Finkelstein anunciou ter descoberto a causa da mais severa forma de halitose e também sua cura.  O professor que é do Meir Hospital, em Israel, afirma que as amígdalas são as grandes responsáveis pelo problema em cerca de 90% das pessoas que sofrem de halitose.
Em muitos casos, o mau hálito é causado por uma bactéria anaeróbica que se prolifera em camadas superficiais da gengiva e dentes, liberando gases como o sulfato de hidrogênio. As amígdalas, com seus caminhos tubulares, se tornam o lugar ideal para a proliferação da bactéria anaeróbica. Pessoas com inflamações nas amígdalas podem ter como sintoma o mau hálito, em lugar de dor.  
O tratamento desenvolvido por Finkelstein consiste em uma aplicação de laser, por aproximadamente 15 minutos. O laser vaporiza o tecido infectado e cria uma cicatriz que impede a proliferação da bactéria. Tudo é feito com o paciente acordado, pois um spray anestesia as amígdalas. Na maioria dos pacientes apenas uma sessão é suficiente.
De acordo com o Dr. Ivan Valle, ortodontista da Oralface Institute, de São Paulo, a aplicação do laser  parece eficaz. "O processo é simples. A aplicação do laser gera uma inflamação que estimula a renovação das células.
Forma-se então uma cicatriz que fecha as 'rugas' das amígdalas, diminuindo os nichos onde se acumulam colônias de bactérias e resíduos alimentares em putrefação. Pensem que as amígdalas se assemelham ao maracujá velhinho".
O ortodontista lembra que o mau hálito pode ter também outras causas: cáries, má escovação, falta de fio dental, falta de escovação ou raspagem da língua, além de rinites, sinusites, faringites, laringites, xerostomia
(diminuição de saliva) e até doenças hepáticas ou bronco-pulmonares, gastrite e tabagismo.

CONTINUE LENDO...

Tags: Halitose mal hálito Cambuí-Campinas-SP 

Compartilhe:

Diabetes x Odontologia

Em 30/05/2014

  Existe uma ligação entre a gengivite e a diabete?

  As pesquisas mais recentes sugerem que há uma ligação entre a gengivite e a diabete. Embora já se saiba que os diabéticos têm maior chance de desenvolver doença periodontal, novos estudos indicam que a gengivite crônica pode ser um fator de risco para a diabete.

  O relatório do Ministério da Saúde sobre saúde bucal afirma que a saúde bucal é parte integrante da saúde geral. Por isso, escove os dentes , use fio dental e consulte o dentista regularmente. 

CONTINUE LENDO...

Tags: Diabetes e odontologia saúde bucal gengivite Cambuí-Campinas-SP 

Compartilhe:

Odontologia na Gravidez

Em 20/05/2014

As gestantes devem estar atentas e não deixarem de procurar seu cirurgião dentista logo no início da gravidez para uma avaliação, pois há uma tendência à irritações da gengica ou gengivite(inlamação da gengiva) ou ainda uma doença gengival mais avançada chamada de periodontite gravídea.Muitos procedimentos como RX, , cirurgias e tratamentos de canal, assim como determinados anestésicos são contra indicados na gravidez.Por isso é recomendado exames clínicos peródicos como forma de prevenção, evitando transtornos durante a gravidez.

CONTINUE LENDO...

Tags: Odontologia na gravidez cirurgião dentista gestação e odontologia saúde bucal Cambuí-Campinas-SP 

Compartilhe:

Aparelho Lingual

Em 14/05/2014

Aquele paciente que está pensando em colocar aparelho ortodôntico e quer o máximo de discrição ou simplismente não quer que o aparelho dentário apareça de forma alguma, a solução sem dúvida é o aparelho lingual invisível.As peças são coladas pela face interna
dos dentes, muito confortável e eficiente.Atende a maioria dos casos e sem dúvida em termos de estética é uma tendência.
Abaixo, foto ilustrando aparelho lingual montado, gentileza  Dra Aline Kolling Ortodontista Porto Alegre-RS.

CONTINUE LENDO...

Tags: Aparelho Lingual aparelho ortodôntico aparelho invisível Ortodontia Campinas-SP 

Compartilhe:

Como escolher seu creme Dental

Em 13/05/2014

Você sabia que a escolha do creme dental é diferente para cada condição bucal e deve ser indicado por seu cirurgião Denista?
Os cremes dentais, são uma reunião de substâncias químicas específicas que agem na cavidade oral promovendo a limpeza, removendo bactérias, adicionando flúor, etc.Portanto cada creme dental possue propriedades diferentes uns dos outros com indicações próprias localizadas.
Recomendamos aos pacientes, sempre questionarem qual melhor produto e marca, assim como fio dental e escovas específicas para seu caso particularmente.Associando à uma mecânica de escocação correta estará promovendo saúde e higienização bucal de uma forma muito mais eficiente.

CONTINUE LENDO...

Tags: Creme dental ideal pasta de dente fio dental. escova dental Cambuí-Campinas-SP 

Compartilhe:

Cuidados com seu aparelho fixo ortodôntico

Em 06/05/2014

Os cuidados com o aparelho fixo ortodôntico ou aparelho fixo dentário é de suma impotância, pois pequenos cuidados com determinados alimentos e uma boa higienização vão determinar o tempo do tratamento assim como a prevenção de possíveis problemas gengivais, acarretando consequências indesejáveis ao resultado final.
 

CONTINUE LENDO...

Tags: Aparelho fixo dentário aparelho estético aparelho transparente higienização aparelho fixo Ortodontista dentista Cambuí-Campinas-SP 

Compartilhe:

Prevenção e Saúde Bucal

Em 04/05/2014

 Entre a gengiva e o dente existe um espaço, sulco gengival,(vamos
compara-lo à cutícula de unha), que em condições normais atinge até 3mm
de profundidade. Após as refeições, os restos alimentares (placa bacteriana), penetram nesses espaços e após 72 hrs. Endurecem , formando o tártaro, este é duro e áspero, irritando e inflamando a gengiva, provocando sangramento ao leve toque da escova. Esta gengiva inflamada descola do osso e esse por sua vez reabsorve, com processo contínuo, após algum tempo o dente fica mole e caí. 

A única maneira de se evitar isto, é uma boa escovação, após cada
refeição, com escova macia e fio dental. Coloca-se a escova entre o dente e a gengiva à 45 graus e faz-se movimentos vibratórios (vai e vem), sem colocar força, deve ser movimento delicado para não retrair a gengiva, e expor a raiz dental. Encoste o fio dental no dente e desça e suba-o lustrando, dente por dente, a cada lado, após isso, três bochechos bem fortes com água.
DICA - Passe a língua nos dentes, por dentro e por fora, se estiver liso está bom, caso contrário escovar até que fique liso. 
APÓS INGERIR ALGUM ALIMENTO (REFRIGERANTE,CAFEZINHO, BALA, ETC.),
O PH FICA ALTERADO PÔR MÉDIA DE 45 MIN., PROPENSO À CÁRIES, APÓS ISSO INICIA-SE O PROBLEMA PERIODONTAL. PORTANTO, É IMPORTANTE TER HORA CERTA PARA COMER E ESCOVAR, BELISCAR ENTRE AS REFEIÇÕES PODE-SE FICAR COM O PH ALTERADO O DIA INTEIRO, PROPENSO ÀS CÁRIES.




CONTINUE LENDO...

Tags: Prevenção e saúde Bucal escovação dental cuidados com a gengiva dentista Cambuí-Campinas-SP 

Compartilhe:

Ortodontia Ligual

Em 30/04/2014

A ortodontia Ligual são aparelhos fixos cololados pela face interna do dente.São os chamados aparelhos invisíveis.Não aparecem de forma alguma e são indicados para quem deseja fazer a correção dos dentes com o máximo de discrição possível.Os aparelhos linguais tratam basicamente qualquer tipo de caso, são bastante confortáveis e o tempo de tratamento dependendo do caso é menor em relação aos convencionais.



CONTINUE LENDO...

Tags: Aparelho fixo dentário invisível  aparelho lingual aparelho estético Ortodontista ortodontia Cambuí-Campinas-SP 

Compartilhe:

Dados incorretos, refaça sua busca com uma palavra maior.