(19) 3044.8899

(19) 98124.8789

Clínica Odontológica em Campinas Odonthos | Dentistas em Campinas

BLOG ODONTHOS ODONTOLOGIA

A Clínica Odonthos oferece tratamentos Dentários e Faciais com equipamentos de última geração, com uma equipe de profissionais que proporcionam eficência e conforto.

 

"Resultado da busca por: DENTISTA EM CAMPINAS"


Dor Orofacial - Dor de cabeça - cefaleia

Em 08/08/2016

 Dor Orofacial, por definição, é toda a dor associada a tecidos moles e mineralizados (pele, vasos sanguíneos, ossos, dentes, glândulas ou músculos) da cavidade oral e da face.

As condições clínicas mais frequentemente associadas a dor orofacial são dores de dentes e de tecidos periodontais, disfunção temporomandibular (muscular ou articular), neuralgias, tumores, trauma, tecidual, doenças autoimunes, etc. 

Usualmente essa dor pode ser referida da região da cabeça e/ou pescoço ou mesmo estar associada à cervicalgias, cefaleias primárias, fibromialgia e doenças reumáticas como artrite reumatóide.

Se você suspeita que apresenta DTM ou outra condição de Dor Orofacial, procure um Cirurgião Dentista especialista em DTM e Dor Orofacial, que é a especialidade odontológica que cuida destas e de outras dores da face.

CONTINUE LENDO...

Tags: DTM ATM dor de cabeça  cefaleia enxaqueca dor orofacial tratamento dor de cabeça clinica de odontologia campinas clínica odontológica em campinas dentista em campinas dentistas em campinas 

Compartilhe:

Clareamento dentário - branqueamento dental

Em 01/08/2016

 Folheto: Clareamento

Folheto: Clareamento

O clareamento pode ser feito tanto em um consultório dentário como em casa, utilizando um sistema fornecido pelo seu dentista. Ambos os métodos utilizam um gel branqueador que oxida a mancha. Durante o processo de clareamento, é normal que os dentes se tornem ligeiramente sensíveis.

Folheto: ClareamentoClareamento no consultório
Este procedimento demora de 30 minutos a uma hora por visita, e talvez você tenha que retornar algumas vezes até obter o resultado desejado.

A fim de proteger sua boca, uma substância em gel é aplicada em sua gengiva e um protetor de borracha é colocado em volta do colo dos dentes. Um agente oxidante (a solução branqueadora) é então aplicado.

Algumas vezes, uma luz especial é utilizada em intervalos de cinco minutos para ajudar a ativar o agente clareado.

Folheto: ClareamentoClareamento em casa
O clareamento em casa é o procedimento mais comum hoje em dia. Seu dentista faz um molde de seus dentes, prepara um suporte sob medida (moldeira), que você preenche com o gel branqueador e utiliza durante duas horas diariamente ou a noite, por cerca de duas semanas.

Muitos kits de clareamento prescritos por dentistas atualmente contêm uma solução de 10, 15 e 21%de peróxido de carbamida. Quando feito sob a supervisão de seu dentista, o tratamento em casa é bastante eficaz.

Com o passar do tempo, a exposição a alimentos, bebidas (especialmente café, chá, refrigerante e vinho tinto) e fumo gradualmente escurecerá os dentes. Evite o consumo frequente destes tipos de alimentos. O pequeno esforço investido em manter seus dentes brancos não é nada se comparado ao dinheiro e/ou tempo necessários ao tratamento de clareamento.

Como manter meu novo sorriso branco?

  • Use creme dental branqueador para remover manchas e prevenir o amarelamento dos dentes;
  • Escove ou enxágue os dentes imediatamente após consumir alimentos ou bebidas que possam manchá-los.
  • Durante o tratamento, use um canudo para consumir bebidas que possam manchar os dentes, como por exemplo: café, chá, refrigerantes e vinho tinto;
  • Verifique se seus dentes necessitam de retoque. Dependendo do método de clareamento usado, um retoque após seis meses, um ano ou dois pode ser necessário. Caso você fume ou beba muito café, talvez precise fazê-lo com mais frequência.
  • Previna-se da sensibilidade dentinária usando um creme dental para dentes sensíveis antes de após o tratamento. Colgate® Sensitive Pro-AlívioTM oferece alívio instantâneo e duradouro da hipersensibilidade dentinária.

CONTINUE LENDO...

Tags: clínica odontológica cambuí campinas clínica de odontologia em campinas dentista em campinas clareamento dental estética dental implantes dentários aparelho dentário autoligado de porcelana ronco e apnéia DTM ATM Dor orofacial 

Compartilhe:

A saúde bucal das crianças

Em 18/07/2016

 Como posso ajudar meu(s) filho(s) a cuidar dos dentes e evitar cáries?

Ensinar seu filho a cuidar dos dentes desde pequeno é um investimento que trará benefícios para o resto da vida dele. Comece dando o exemplo: cuide bem dos seus próprios dentes. Isto mostra a ele que a saúde bucal é importante. E atitudes que tornam o cuidado com os dentes algo interessante e divertido (como, por exemplo, escovar os dentes junto com ele ou deixá-lo escolher sua própria escova) incentivam a boa higiene bucal

Para ajudar seu filho a proteger seus dentes e gengiva e para ajuda-lo a reduzir o risco de cáries, ensine-o a seguir os seguintes passos:

  • Escovar pelo menos três vezes ao dia com um creme dental que contém flúor para remover a placa bacteriana (aquela película pegajosa que se forma sobre os dentes e que é a principal causa das cáries).
  • Usar fio dental diariamente para remover a placa que se aloja entre os dentes e abaixo da gengiva, evitando que ela endureça e se transforme em cálculo dental. Depois que o cálculo se forma, só o dentista pode removê-lo.
  • Adotar uma alimentação equilibrada, com pouco açúcar e amido. Estes alimentos produzem os ácidos da placa que causam cáries.
  • Ingerir alimentos com açúcar e amido durante as principais refeições e não entre as refeições (a saliva extra, produzida durante a refeição, evita que os resíduos alimentares se depositem nos dentes).
  • Usar produtos que contêm flúor (inclusive o creme dental). Certifique-se de que a água que suas crianças bebem contém flúor. Se a água não contiver flúor, seu dentista ou pediatra poderá prescrever suplementos diários de flúor.
  • Ir ao dentista para exames regulares.

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista em campinas prevenção em odontologia saúde bucal cárie flúor odontologia cambuí campinas clínica odontológica campinas aparelho móvel em crianças ortopedia funcional maxilar 

Compartilhe:

Restaurações estéticas em odontologia(obturações)

Em 04/07/2016

 

Introdução

 

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista em campinas dentistas campinas odontologia campinas clínica odontológica campinas estética dental odontologia estética restaurações estéticas dentista cambuí campinas 

Compartilhe:

Facetas de porcelana x lentes de contato de porcelana

Em 25/05/2016

 Diferença entre laminados dentários cerâmicos: facetas de porcelana x lentes de contato de porcelana?

Qual a diferença entre faceta em porcelana e lente de contato dental?

 

26.01.2017

 
 

Nos dias atuais é cada vez mais comum as pessoas procurarem tratamento estético para os seus dentes da frente. 

 

 

E a procura é pela faceta em porcelana ou lente de contato. 

 

Qual a diferença entre as duas?

 

É simples, a faceta precisa desgastar o dente e a lente o desgaste é muito pouco ou nada. 

 

Para que serve a lente?

 

A lente é para pequenas correções, como fechamento de espaços, aumento do comprimento, largura, arredondamento de ângulos. É tão fina que parece transparente, pois isso ganhou o nome de lente de contato dental. 

 

 

 

Para que serve a faceta dental?

 

 

 

 

Nos casos em que há comprometimento de cor, ou manchamentos, ou dente girado, ou desalinhado, há necessidade de desgaste do esmalte. 

Por exemplo, em um dente que escureceu pelo tratamento de canal, é preciso desgastar o esmalte para dar espessura para a porcelana esconder a cor escura. 

Nesse caso a lente de contato não funcionaria. 

Nos casos de dentes desalinhados é possível corrigir o desalinhamento, colando uma lâmina cerâmica sobre ele. 

E estética é inigualável. 

 

 

 

Como fica a estética do sorriso com a faceta ou lente?

 

 

Se o objetivo é a transformação do sorriso, o resultado total só é possível se trabalhar todos os dentes que aparecem quando você sorri. É impressionante a transformação. E nesse caso, um estudo bem detalhado com o Planejamento Digital do Sorriso, é fundamental. 

 

E a durabilidade como fica, já que são materiais com pouca espessura?

 

Vamos por uma analogia. Imagine como é fixado o laminado em porcelanato no piso, na contrução civil. A lâmina do porcelanato é bem fina se comparado com o contra-piso não é? Mas se o contra-piso estiver totalmente regular e sólido e a lâmina ficar totalmente apoiada sobre ele, não existe a chance de quebrar. A não ser que sofra algum impacto altamente forte. 

A lâmina de porcelana funciona assim também. Porém, é claro, que nas áreas incisais é necessário um cuidado com hábitos nocivos, como morder tampa de caneta, prego, parafuso, tampa de garrafa, milho de pipoca, etc. 

 

 

 

 

 

Outra questão bem importante é saber como podem ficar naturais e bonitas as facetas ou lentes de contato?

 

O planejamento aqui é fundamental. E para isso contamos com uma nova técnica para não errar na escolha do tamanho e forma dos novos dentes. CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista campinas dentistas campinas dentistas em campinas dentista em campinas clínica de odontologia em campinas clínica odontológica em campinas prótese dentária facetas de porcelana lentes de contato de porcelana 

Compartilhe:

Aparelhos ortodônticos autoligados de porcelana

Em 21/05/2016

Tratamento ortodôntico com aparelhos autoligados de porcelana

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista em campinas-sp/dentistas campinas-sp/aparelhos ortodônticos autoligados/aparelho dentário invisível/ortodontia campinas-sp/clínica de odontologia cambuí campinas-sp 

Compartilhe:

Bruxismo Diurno

Em 01/05/2016

 Bruxismo do sono é um distúrbio do sono caracterizado pelo apertar e ranger dos dentes, de forma involuntária,  com aplicação de forças excessivas sobre a musculatura mastigatória. A palavra bruxismo do sono vem do grego brycheinm, que significa ranger dos dentes.

O bruxismo diurno é diferente do bruxismo noturno ou do sono. Assim, o bruxismo diurno é caracterizado por uma atividade semivoluntária da mandíbula, de apertar os dentes enquanto o indivíduo se encontra acordado, onde geralmente não ocorre o ranger de dentes, e está relacionado a um tique ou hábito. Já o bruxismo do sono é uma atividade inconsciente de ranger ou apertar os dentes, com produção de sons, enquanto o indivíduo encontra-se dormindo.

O bruxismo do sono é um problema que afeta sobretudo as crianças podendo também afetar os adultos.

O ranger provoca um desgaste nos dentes que pode afetar a integridade dos mesmos e comprometer a saúde bucal. O bruxismo do sono também "força" e cria tensões ao nível das articulações temporomandibulares (ATM) que pode causar desgastes e eventuais problemas.

As causas do bruxismo do sono são multifatoriais e ainda pouco conhecidas. A má oclusão dentária e tensão emocional podem estar relacionadas a este distúrbio. 
O ruído característico do ranger dos dentes, desgaste dentário, hipertrofia dos músculos mastigatórios e temporais, dores de cabeça, disfunção da articulação temporomandibular, má qualidade de sono e sonolência diurna estão entre as principais manifestações clínicas do bruxismo do sono.

O diagnóstico é feito pela observação de um desgaste dentário anormal, ruídos de ranger de dentes durante o sono e desconforto muscular mandibular.

A polissonografia registra os episódios de ranger dos dentes, permitindo identificar alterações do sono e microdespertares. As alterações predominam no estágio 2 do sono não REM e nas transições entre os estágios.

A polissonografia permite ainda o diagnóstico de outros distúrbios do sono, tais como ronco, apnéia do sono, movimentos periódicos dos membros, distúrbio comportamental do sono REM e outros.

O tratamento deve ser individualizado para cada paciente. Como o bruxismo do sono tem causas variadas, o tratamento também segue na mesma direção. O uso de placas orais moles (silicone) ou duras (acrílico) visa a proteção dos dentes prevenindo o desgaste dentário ou fraturas durante o sono. Geralmente se faz necessário abordagem psicoterápica, odontológica, farmacológica e suas combinações, de acordo com o perfil do paciente.

Aplicações locais de toxina botulínica nos músculos envolvidos têm sido utilizadas em casos de bruxismo do sono que não respondem ao tratamento convencional.

www.odonthos.com.br
19 3044-8899

CONTINUE LENDO...

Tags: dentista campinas-sp/dentistas campinas-sp/dentistas em campinas-sp/dentista em campinas-sp/odontologia em campinas-sp/odontologia cambuí campinas-sp/clínica odontológica em campinas/ 

Compartilhe:

Bruxismo na infância

Em 01/05/2016

 O problema é comum em crianças, segundo Paulo Breinis, neuropediatra do Hospital Israelita Albert Einstein, sendo que ele ocorre em 40% das crianças na segunda infância. “O bruxismo é quase sempre uma patologia infantil. É difícil ocorrer em adultos”, disse.

Se a criança sofrer de bruxismo, normalmente terá o problema nas épocas do nascimento e da troca dos dentes, pois ela começa a forçar para ajeitá-los, de acordo com Alexandre Bussab, cirurgião-dentista da Clínica Brasil Smiles. “A troca dos dentes acontece, primeiro, aos 5 ou 6 anos. Depois, aos 7 ou 8 anos. Dos 9 aos 10 anos, todos os dentes já nasceram”, afirmou.

Mas os pais não devem ficar tão preocupados com o bruxismo nessas idades, porque os dentes são de leite, então o esmalte que foi desgastado será trocado. No entanto, a criança pode usar um aparelho ortodôntico feito de resina para melhorar o problema. O dentista não recomenda o uso de placa nos pequenos, porque a dentição ainda não se formou: “Na transição de dentição, não dá para colocar placa porque ela é fixa. Já o aparelho acompanha o movimento dos dentes”.

A manutenção desse aparelho é periódica, sendo feita de 20 em 20 dias ou mensalmente.

 

Bruxismo é problema comum durante  a infância (Foto: Shutterstock)

Bruxismo é problema comum durante a infância (Foto: Shutterstock)

Apesar de o problema não ser sério, o bruxismo pode desencadear a disfunção de ATM (articulação temporomandibular), que ocorre quando essa articulação é deformada e desgastada pela força da mordida, segundo Alexandre.“Não tem cura. A única cura é a prevenção para estabilizar o quadro. Se isso não ocorrer, uma cirurgia pode ser feita”, contou o dentista.

A prevenção ao bruxismo, que desencadeia a disfunção de ATM, pode ser feita retirando mamadeiras e chupetas, pois elas podem modificar a posição dos dentes e, na ânsia de arrumá-la, a criança os aperta. “Outros fatores que podem desencadear o bruxismo são respiração bucal, desvio de septo, hereditariedade e alimentos que exigem muito da mastigação, como balas e chicletes, que modificam a posição dos dentes”, informou o dentista.

Segundo o neuropediatra, ninguém sabe qual o processo fisiológico responsável pelo bruxismo, mas o dentista declarou que sobrecarregar a criança com tarefas pode causar o apertar de dentes, pois o pequeno ficado estressado.

O estresse atinge pessoas de todas as idades, mas o neuropediatra acredita que o bruxismo ocorre mais em crianças porque a patologia faz parte dos distúrbios do sono, comum na infância. “Assim como uma pessoa faz xixi na cama e é sonâmbula quando pequena, ela tem bruxismo e depois para”.
www.odonthos.com.br
19 3044-8899

CONTINUE LENDO...

Tags: DTM/ATM e dor orofacial/cefaléia/dor de cabeça/tratamento dor de cabeça/dentista campinas/dentistas campinas/dentista em campinas/dentistas em campinas-sp 

Compartilhe:

COMO ESCOVAR BEM SEUS DENTES

Em 13/12/2015

 

CONTINUE LENDO...

Tags: Odontologia campinas dentista em campinas-sp clínica de odontologia em campinas-sp prevenção e saúde bucal 

Compartilhe:

O que é placa bacteriana?

Em 15/05/2015

 Trata-se de uma película pegajosa e incolor, constituída de bactérias e restos alimentares que se forma sobre os dentes. É a principal causa de cárie e gengivite. Se não for removida diariamente, endurece e forma o tártaro.

Como saber se tenho placa bacteriana nos dentes?

Todos nós temos placa bacteriana porque as bactérias estão sempre presentes em nossa boca. As bactérias aproveitam os nutrientes contidos nos alimentos que ingerimos e aqueles contidos na saliva para se desenvolver. A placa causa a cárie quando os ácidos que ela produz atacam os dentes o que acontece após as refeições. Sofrendo esses ataques repetidos, o esmalte dos dentes pode se desfazer e abrir caminho para a formação de cárie. Não sendo retirada, a placa bacteriana pode também irritar a gengiva ao redor dos dentes, causando gengivite (a gengiva fica vermelha, incha e sangra), periodontite e perda dos dentes.

Como posso evitar a formação da placa bacteriana?

É fácil evitar a formação da placa bacteriana. Basta você:

  • Escovar bem, no mínimo três vezes ao dia, principalmente após as refeições, para remover a placa bacteriana de todas as superfícies dos seus dentes.
  • Usar fio dental diariamente para remover a placa bacteriana que se instala entre seus dentes e sob a gengiva, onde a escova não pode alcançar.
  • Limitar a ingestão de alimentos com muito açúcar ou amido, especialmente aqueles que grudam nos dentes.
  • Visitar seu dentista regularmente para fazer limpeza e exame completo dos dentes.

CONTINUE LENDO...

Tags: dentista campinas dentista em campinas clínica de odontologia campinas clínica odontológica campinas dentista cambuí campinas dentistas cambuí campinas dentistas especialistas cambuí campinas-sp 

Compartilhe:

O QUE DTM/ATM E DOR OROFACIAL(DOR DE CABEÇA)

Em 06/05/2015

 O que é a ATM?

A estrutura que liga a mandíbula (queixo) ao o crânio (têmpora) recebe o nome de Articulação Temporomandibular (ATM). Essa articulação é formada por diversas estruturas como tecidos ósseos, disco articular, músculos, ligamentos, cápsula articular, entre outras estruturas, apresentando um denso suprimento sanguíneo e nervoso. Além disso, é uma articulação bilateral que funciona como uma unidade única, ou seja, a articulação direita não pode mover-se independentemente da esquerda, e vice-versa.
www.odonthos.com.br
#ODONTHOSODONTOLOGIA

ATM em função, estando em azul o disco articular (fonte: NETTER, F.H. Atlas de Anatomia Humana. 2ª. Edição. Porto Alegre: Editora Artmed, 1997).

ATM em função, estando em azul o disco articular (fonte: NETTER, F.H. Atlas de Anatomia Humana. 2ª. Edição. Porto Alegre: Editora Artmed, 1997).

CONTINUE LENDO...

Tags: DTM/ATM dor de cabeça cefaléia bruxismo rangido dos dentes apertamento dos dentes ortodontia aparelho fixo em campinas dentista em campinas dentista cambuí campinas odontologia cambuí campinas 

Compartilhe:

Cárie na infância - informações importantes

Em 04/05/2015

 Também conhecida como cáries de mamadeira, as cáries em bebês constituem um grave problema, que pode destruir os dentes de seu bebê — mas o problema pode ser evitado.

Qual a Causa de Cáries na Infância?

  • Deixar seu bebê dormir com uma mamadeira. Quando seu bebê está dormindo, os líquidos que têm açúcar permanecem em volta dos dentes e podem causar cáries. Até mesmo o leite materno e o de fórmulas contém açúcar.
  • Amamentação prolongada na mãe ou permitir que seu bebê adormeça enquanto se alimenta.
  • Permitir que sua criança fique o tempo todo com a mamadeira.

Coloque Sua Criança na Cama Sem uma Mamadeira...

Sua criança pode adormecer sem uma mamadeira! Siga cinco dicas para tentar:

  • Deixe sua criança levar uma manta, ursinho, boneca, ou brinquedo favorito de "segurança" para cama.
  • Cante ou toque uma música tranqüila baixinho.
  • Segure ou balance sua criança.
  • Faça uma massagem nas costas da sua criança para ajudá-la a relaxar.
  • Leia ou conte uma história para a sua criança.

CONTINUE LENDO...

Tags: dentista campinas dentista em campinas prevenção e saúde bucal dentista cambuí campinas clínica geral em odontologia clínica odontológica cambuí campinas cárie e tratamento 

Compartilhe:

O QUE É BOCA SECA OU XEROSTOMIA

Em 29/04/2015

O que é boca seca?

 

Como saber se tenho boca seca?

Todos temos a boca seca de vez em quando. Mas, quando esta sensação persiste, você pode estar com um problema na produção de saliva. Os sintomas de boca seca incluem:

  • Sensação de secura e pegajosidade em sua boca;
  • Dificuldade de deglutição;
  • Sensação de queimação em sua língua;
  • Sensação de secura em sua garganta;
  • Lábios rachados;
  • Paladar reduzido ou um gosto metálico em sua boca;
  • Feridas na boca;
  • Mau hálito freqüente;
  • Dificuldade de mastigar/falar.

Como tratar a boca seca?

A única maneira definitiva de curar a boca seca é tratando sua causa. Se o seu problema é resultado de medicação, seu médico poderá mudar sua prescrição ou dosagem. Se suas glândulas salivares não funcionam normalmente, mas ainda produzem alguma saliva, seu médico poderá lhe dar um medicamento que ajude as glândulas a funcionarem melhor.

Se a causa de sua boca estar seca não puder ser eliminada você poderá restaurar a umidade de sua boca de diversas maneiras. Seu dentista pode recomendar hidratantes bucais, como substitutos de saliva. Enxagües com soluções bucais especialmente formuladas para diminuir a secura também podem aliviar o problema. Você também pode:

  • Beber água ou bebidas sem açúcar com freqüência;
  • Evitar bebidas com cafeína, como café, chá ou alguns refrigerantes, que também podem causar a secura da boca;
  • Mascar gomas sem açúcar ou chupar balas duras sem açúcar para estimular o fluxo de saliva (se houver alguma glândula salivar funcionando);
  • Não utilizar tabaco ou álcool, que ressecam a boca;
  • Estar ciente de que alimentos condimentados ou salgados podem causar dor em uma boca seca;
  • Utilizar um hidratante bucal, durante a noite.

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista em campinas dentista campinas dentista cambuí campinas odontologia ortodontia campinas aparelho fixo dentário campinas implantes dentários em campinas estética dental DTM/ATM dor de cabeça 

Compartilhe:

CLAREAMENTO DENTAL DE CONSULTÓRIO

Em 27/04/2015

 Todas as técnicas de clareamento são realizadas de uma dessas duas maneiras:
  1. Procedimentos clareadores removem manchas extrínsecas e intrísecasProcedimentos clareadores removem manchas extrínsecas e intrísecas.

    Procedimentos clareadores que modificam a cor natural dos dentes, deixando-os com tons de cinco a sete vezes mais claros. Tanto o clareamento realizado no consultório (assistida) quanto aquele realizado em casa (moldeira) utilizam alvejantes. Os princípios ativos mais freqüentemente contidos nos alvejantes são o peróxido de carbamida e o peróxido de hidrogênio a concentrações de 10 a 22%, que ajudam na remoção tanto das manchas superficiais quanto das profundas. Há diferenças de custo entre os diferentes procedimentos:

    • Uma sessão de clareamento ativada por luz no consultório do dentista, às vezes chamadas clareamento assistido (clareamento no consultório), pode custar em torno de R$ 500 ou mais dependendo do profissional, e seus resultados são dentes muito mais brancos, instantaneamente. Porém, após um ano comendo e bebendo normalmente (café, chá, refrigerantes), seus dentes perdem ligeiramente a cor e novas manchas aparecem. Para ter seus dentes brancos novamente você deverá repetir a sessão de clareamento ativado por luz.
    • Uma moldeira personalizada criada pelo seu dentista para clarear os dentes em casa, custa por volta de R$ 300 por arcada dentária, e deve ser usada durante muitas horas durante o dia, ou durante a noite por duas semanas. Quando você observa novas manchas, deve apenas usar a moldeira novamente por uma ou duas noites para removê-las.
    • Produtos vendidos sem receita nas farmácias para clarear os dentes incluem moldeiras que se adaptam depois de aquecer e morder, gel alvejante aplicado por um pincel, e fitas de clareamento com preços que variam em torno de R$ 20 a R$ 150, dependendo do produto de branqueamento.
  2. Abrasão remove apenas manchas extrínsecasAbrasão remove apenas manchas extrínsecas.

    Procedimentos não clareadoresfuncionam por ação física e/ou química para ajudar a remover manchas superficiais. Todas os cremes dentais recaem no uso de um leve desgaste para remoção de manchas superficiais entre consultas odontológicas. Cremes dentais clareadores contêm agentes químicos ou polidores para promover a remoção adicional das manchas. Uma limpeza profissional feita por uma dentista ou higienista também envolve desgaste para remoção de manchas mais externas causadas por alimentos ou tabagismo.

Cada um responde de maneira diferente a cada tipo de clareamento. Algumas pessoas respondem bem aos cremes dentais clareadores, enquanto outras, com dentes acinzentados ou outro tipo grave de descoloração, necessitam de facetas laminadas de porcelana(abordados ainda nessa sessão) para obter os sorrisos que sempre desejaram. Apenas seu dentista ou higienista podem determinar o que é melhor para você.
Abaixo,clareamento dentário realizado em nossa clínica.Apasar da dificuldade do caso, por os dentes seram bem manchados,conseguimos um resultado satisfatório.Foram feitas duas aplicações do gel clareador em consultório.
www.odonthos.com.br
#ODONTHOSODONTOLOGIA

 

CONTINUE LENDO...

Tags: clareamento dental branqueamento dental estética dental dentistas em campinas dentista em campinas dentista cambuí campinas dentistas cambuí campinas odontologia campinas odontologia em campinas dentistas especialistas cambuí campinas-sp 

Compartilhe:

Estética Dental - Clareamento e facetas de porcelana

Em 17/04/2015

Que fatores influem na cor dos meus dentes?

Algumas pessoas nascem com dentes mais amarelados que outras. Outras têm dentes que se tornam amarelados com o tempo. A cor natural de seus dentes também pode ser afetada por diversos fatores.

Manchas na superfície (chamadas pelos dentistas de manchas extrínsecas) e descoloração podem ser causadas por:

  • Tabaco (tanto fumado como mastigado);

  • Ingestão de café, chá, ou vinho tinto;

  • Ingestão de alimentos altamente pigmentados como cerejas e amoras;

  • Acúmulo de depósitos de tártaro, resultantes da placa que endureceu.


Manchas internas (chamadas pelos dentistas de manchas intrínsecas):

  • Tratamento com o antibiótico tetraciclina durante o período de formação dos dentes;

  • Aparência amarelada ou acinzentada dos dentes, como parte do processo de envelhecimento;

  • Trauma nos dentes que podem resultar na morte do nervo do dente, conferindo-lhe a cor marrom, cinza ou preta;

  • Ingestão demasiada de flúor durante a formação dos dentes (desde o nascimento até os 16 anos), o que dá ao dente uma aparência manchada.
    www.odonthos.com.br
    #ODONTHOSODONTOLOGIA

 

 

CONTINUE LENDO...

Tags: dentista campinas dentistas campinas dentistas em campinas dentista em campinas clínica odontológica prótese dentária implantes facetas dentárias de porcelana lentes de contato jaqueta dentária estética dental clareamento dental 

Compartilhe:

Coroas dentárias em porcelana - Meta Free

Em 14/04/2015

 Coroas metalo-cerâmicas são utilizadas para a reconstrução total de um dente ou mais dentes. Quando houver uma destruição muito grande do elemento dental, mas a raiz esta intacta, podemos colocar coroas que imitam o dente tanto em função quanto em estética

Coroas são ‘capas’ totais para os dentes que possuem metal na parte interna, o que proporciona maior resistência e durabilidade, e cerâmica na parte externa, que da a coroa cor e formato igual aos dentes naturais. Coroas metalo-ceramicas são o melhor e mais comum tratamento para reparar destruição dental, e pode ser usado sobre implantes ou dentes naturais. Coroas metal-free são aquelas que não usam metal em sua composição, dando maior atenção a estética e translucidez, trazendo maior qualidade para dentes anteriores. Confira na pagina de Coroas E-max.



Quando o dente está totalmente destruído, ainda tem solução?

Sim, a raiz estando em boas condições basta confeccionar uma capa (coroa) sobre a parte remanescente, e a estética e mastigação são totalmente recuperadas.


As coroas metalo-cerâmicas ou metal-free ficam artificiais?

Não. Existem diferentes qualidades de cerâmica e de laboratórios protéticos. Os profissionais de ponta conseguem uma naturalidade imperceptível nas coroas atuais, principalmente se forem coroas metal free, que traduzem mais fielmente a translucidez dentária.


Para um sorriso perfeito, posso “encapar” todos os meus dentes com coroas?

Sim. Este tipo de procedimento é muito utilizado atualmente em busca de estética dental do sorriso perfeito. As coroas podem mudar posição, cor, formato, alinhamento e tamanho dos dentes, ou seja, o paciente pode mudar 100% seu sorriso. Com a correta indicação e possibilidade técnica, este tratamento se tornou muito comum e previsível.


Para colocar coroas devo desgastar meus dentes?

Sim. O desgaste dental é necessário para o encaixe correto das coroas. A porção dental que será desgastada será substituída por porcelana, oque além de mudar esteticamente, reforça a estrutura dental deixando-o mais resistente e bonito.
Abaixo, caso clínico realizado na clínica onde foram colocadas seis coros de porcelana metal-free (canino à canino).
www.odonthos.com.br
#ODONTHOSODONTOLOGIA






 

CONTINUE LENDO...

Tags: Prótese dentária implantes dentários cambuí campinas facetas porcelana inlay/onlay lentes de contato prótese sobre implantes odontologia campinas dentista em campinas dentistas em campinas dentista cambuí campinas-sp 

Compartilhe:

APARELHO FIXO AUTOLIGADO OU AUTOLIGANTE - VANTAGENS

Em 10/04/2015

 Nos aparelhos ortodônticos autoligados, não há a necessidade do uso das ligaduras elásticas, que são as borrachinhas coloridas, pois os próprios braquetes possuem uma estrutura que serve para prender os arcos ortodônticos. Esse sistema permite um menor atrito do fio metálico com a canaleta do braquete, o que permite a aplicação de uma força mais suave e menos incômoda ao paciente. 

Além disso, a ausência das ligaduras diminui o consideravelmente o acúmulo de bactérias no aparelho, evitando assim cáries, cálculo dentário, mau hálito e outros problemas bucais. 


 

Os resultados podem ser mais rápidos e o tratamento menos doloroso do que com o uso dos aparelhos convencionais. 

Com a existência de um menor atrito entre as estruturas do aparelho e a possibilidade de se aplicar a força adequada para a movimentação dentária a ser obtida, os danos aos tecidos que circundam os dentes (ossos, gengivas e ligamentos periodontais) serão menores, causando movimentações mais rápidas e eficientes e ao mesmo tempo menos efeitos colaterais que possam causar dor. 

Tipos de aparelho ortodôntico autoligado

Existem dois tipos distintos de sistemas de aparelhos ortodônticos autoligados, que são o passivo e o interativo. 

Os passivos são aqueles em que o sistema de fechamento do clip na canaleta do braquete não faz pressão sobre o fio ortodôntico, tendo um melhor desempenho no deslizamento dentário e pior no controle de rotação e inclinação dos dentes. 

Os interativos se comportam como ativos e passivos, e as presilhas flexíveis que fecham a canaleta podem pressionar ou não o arco, dependendo do seu calibre. 

Ambos têm suas vantagens e desvantagens, e o profissional ortodontista vai escolher o tipo de aparelho de acordo com o tratamento mais indicado para cada paciente. 
Abaixo, temos mais um caso clínico realizado na Clínica Odonthos com aparelho ortodoôntico fixo autoligado ou autoligante.
www.odonthos.com.br
#ODONTHOSODONTOLOGIA 

CONTINUE LENDO...

Tags: Ortodontia campinas ortodontia em campinas ortodontista cambuí campinas-sp ortodontista em campinas aparelho dentário fixo autoligado dentista campinas dentista em campinas dentista cambuí campinas-sp 

Compartilhe:

Aplicação de flúor em adultos

Em 07/04/2015

 Adultos podem se beneficiar com o flúor?

Pesquisas recentes mostram que todos podem se beneficiar com o uso de flúor. Especialistas costumavam achar que o flúor funcionava principalmente por fortalecer os dentes enquanto esses estavam ainda em desenvolvimento. Isso significava que as crianças eram o foco dos esforços de fluoretação. Hoje, estudos mostram que o flúor tópico - aquele presente em cremes dentais, enxaguatórios bucais e tratamentos com flúor - ajuda a prevenir o aparecimento de cáries em pessoas de todas as idades.

Como posso saber se preciso de tratamento especial com flúor?
Se a água que você bebe é fluoretada, então a escovação regular com creme dental com flúor é considerada suficiente para a maioria dos adultos com dentes saudáveis. 60% dos municípios do Brasil adicionam flúor na água de abastecimento para ajudar a reduzir a cárie dental. Você pode descobrir se a água da sua cidade é fluoretada ligando para a companhia de abastecimento ou mandando analisar a água, caso ela seja proveniente de uma fonte particular. 

Pessoas que bebem água mineral, e aquelas com as seguintes condições, devem conversar com o dentista sobre tratamentos especiais com flúor:

  • Se você estiver tomando medicamentos que provoquem boca seca ou tem uma doença que cause boca seca. Sem saliva para neutralizar os ácidos na sua boca e remover partículas de alimentos, você fica mais suscetível à cárie dental.
  • Se suas gengivas retraíram ou se descolaram dos dentes. Isso cria mais espaço para as bactérias se alojarem e facilita o surgimento da cárie dental.
  • Se você usa aparelho ortodôntico. Os aparelhos ortodônticos aprisionam grande quantidade de bactérias que podem levar à cárie.
  • Se você fez radioterapia na cabeça ou pescoço. A radiação prejudica as glândulas salivares, causando boca seca.

Quais são os diferentes tipos de tratamento com flúor? 
Você pode se submeter a tratamento com flúor no consultório do dentista. No tratamento feito no consultório, o dentista seca sua boca e aplica uma solução, espuma ou verniz. Alguns dentistas colocam um gel ou espuma dentro de uma moldeira que você utiliza por alguns minutos. Pede-se que você não coma nem beba nada e evite fumar por 30 minutos após a aplicação. 

Independentemente do risco, todos adultos devem usar creme dental com flúor, que teve sua eficácia comprovada na prevenção da cárie dental.
www.odonthos.com.br
#ODONTHOSODONTOLOGIA

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista campinas dentista em campinas dentista cambuí campinas-sp odontologia campinas odontologia em campinas odontologia cambuí campinas-sp dentistas campinas dentistas em campinas dentistas cambuí campinas-sp  

Compartilhe:

Tabela sobre o cuidado e segurança dos dentes das crianças

Em 31/03/2015

Segurança e seus dentes:

Danos aos dentes podem, muitas vezes, ser prevenidos, especialmente se você sabe os cuidados que deve ter. Esta tabela pode ajudá-lo nisso. Assinale as áreas específicas que você sabe que são perigosas. 

Causa Prevenção Áreas de Perigos Potenciais no Local
Puxar/empurrar
  • Estimule crianças a ter consideração um pelos outros e, de maneira gentil, lembre-os de esperar a vez quando apropriado.
 
Cair da escada
  • Não apresse as crianças.
  • Lembre as crianças de usarem o corrimão.
 
Cair da bicicleta ou de um brinquedo em parquinhos
  • Reveja a regras de segurança.
  • Ensine a usá-lo(a) de maneira segura.
  • Certifique-se de que são apropriados para a idade e de que estão em bom estado.
 
Correr com objetos na boca
  • Façam, juntos, uma lista das únicas coisas que devem ser colocadas na boca e a ilustrem. Pendure na altura dos olhos das crianças.
 
Cair/tropeçar
  • Lembre às crianças que elas devem andar e não correr.
  • Deixe o caminho livre de brinquedos, materiais e poças.
 
Acidentes de carro (paradas bruscas)
  • Sempre use cinto de segurança.
  • Dê objetos para seus filhos simularem a situação.
 
Morder objetos duros
  • Façam, juntos, uma lista do que não se deve morder. Estimule as crianças a incluir itens na lista assim que lembrarem de algo
 

Você Sabia?

  • Os dentes frontais superiores são os mais atingidos nos acidentes.
  • Os dentes de trás e a gengiva normalmente são feridos ao mastigarmos lápis, gelo ou quebrarmos nozes.
  • www.odonthos.com.br
  • #ODONTHOSODONTOLOGIA
  •  
 

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista campinas dentista em campinas dentista cambuí campinas dentistas campinas dentistas em campinas dentistas cambuí campinas clínica odontológica cambuí campinas clínica de odontologia em campinas odontologia cambuí campinas-sp 

Compartilhe:

Perguntas e respostas na clínica odontológica diária

Em 23/03/2015

 P: A amamentação no peito é melhor do que a mamadeira na prevenção de caries na infância?

R: Muitos especialistas recomendam amamentar no peito em vez de utilizar mamadeiras, para a saúde geral da sua criança. Porém, amamentar no peito pode levar a formação de cáries na infância da mesma forma que a amamentação por mamadeira.

Para prevenir as primeiras cáries:

Evite alimentação durante a noite, tal como trazer o bebê para a sua cama e permitir que ele ou ela se amamente à vontade. O leite pode "permanecer" na boca da criança e causar a formação continua de ácido ao longo da noite. Este ácido leva à formação de cárie.
  • Evite deixar o bebê passear com uma mamadeira.
  • É recomendado que você encoraje sua criança a beber de um copo já no seu primeiro aniversário.
P: Tudo bem se minha criança chupar o dedo polegar?
R: Chupar o polegar é normal em crianças; a maioria para por si próprias até os 2 anos de idade.
  • Se sua criança chupa o polegar e tem mais de 2 anos de idade, tente desencorajá-la até completar 4 anos.
  • Chupar o dedo além da idade de 4 anos pode levar ao problemas de dentes tortos, apinhamento e/ou de mordida.

P: Tudo bem se meu bebê usar a chupeta? 
R: Sim, mas não a coloque em açúcar, mel, ou líquidos adoçados. Além disso:

  • Tente fazer com que sua criança abandone o hábito da chupeta até os idade de 2 anos de idade.
  • Lembre-se que enquanto a chupeta e chupar o polegar não fazem nenhuma diferença para a saúde da criança, uma chupeta pode ser uma escolha melhor, porque pode ser mais fácil parar com o hábito da chupeta da criança, do que de chupar o polegar.
  • www.odonthos.com.br
  • #ODONTHOSODONTOLOGIA

CONTINUE LENDO...

Tags: dentista em campinas dentistas em campinas dentista campinas dentistas campinas dentista cambuí campinas dentistas cambuí campinas odontologia campinas odontologia em campinas odontologia cambuí campinas. 

Compartilhe:

Próteses dentárias - Dúvidas

Em 18/03/2015

 O que são dentaduras (próteses)?

 

O que são Próteses?

Próteses são substitutos para os dentes ausentes que podem ser retiradas e recolocadas na boca. Embora leve algum tempo para que a pessoa consiga se habituar a utilizá-las e embora nunca sejam exatamente iguais aos dentes naturais, atualmente elas oferecem uma aparência mais natural e maior conforto quando comparadas a aquelas de alguns anos atrás. 

Existem dois tipos principais de próteses: totais (dentaduras) ou parciais. Seu dentista irá ajudá-lo a escolher o tipo de prótese mais apropriado, dependendo do número de dentes a serem substituídos e o custo do tratamento.

Como funcionam as próteses?

No caso de próteses totais, uma base acrílica da cor da mucosa bucal se apóia sobre sua gengiva. A base da prótese superior cobre todo o palato (céu da boca), enquanto que a prótese inferior é confeccionada na forma de uma ferradura, a fim de permitir espaço livre para acomodar sua língua. 

As próteses são feitas sob medida em um protético, a partir de moldes tirados de sua boca. Seu dentista irá determinar qual dos três tipos de próteses descritas abaixo é o melhor para você.
www.odonthos.com.br
#ODONTHOSODONTOLOGIA

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista campinas dentistas campinas dentista cambuí campinas dentistas cambuí campinas clínica de odontologia campinas odontologia em campinas dentista em campinas dentistas em campinas ortodontia campinas implantes dentários 

Compartilhe:

Quais são os estágios da gengivite?

Em 16/03/2015

 O que é gengivite?

A gengivite é uma inflamação da gengiva que pode progredir e atingir o osso alveolar. É este que envolve e sustenta os dentes. É causada pela presença da placa bacteriana ou biofilme dental, uma película incolor e pegajosa que se forma continuamente nos dentes. Se não for removida diariamente por meio da escovação e do uso do fio dental, a placa bacteriana pode se formar e as bactérias nela contidas poderão infeccionar não apenas a gengiva e a região ao redor dos dentes, mas acabarão por atingir o tecido abaixo da gengiva e o osso que suporta os dentes. Isto pode fazer com que os dentes fiquem amolecidos, caiam ou tenham que ser removidos pelo dentista.

São três os estágios da doença periodontal:

  • Gengivite: Este é o primeiro estágio da inflamação gengival causada pela placa bacteriana que se forma na margem da gengiva. Se a escovação e o uso do fio dental diariamente não forem suficientes para remover a placa, ela produzirá toxinas que podem irritar o tecido gengival, causando a gengivite. Você pode notar algum sangramento durante a escovação e o uso do fio dental. Neste primeiro estágio da doença, o dano pode ser revertido, já que o osso e o tecido conjuntivo que seguram os dentes no lugar não foram atingidos.
  • Periodontite: Neste estágio, o osso e as fibras de sustentação que mantêm os dentes em posição são irreversivelmente danificados. Ao redor da sua gengiva pode começar a se formar uma bolsa que avança para baixo da gengiva e onde ficam armazenados os detritos e a placa bacteriana. O tratamento dentário adequado e a higiene bucal minuciosa em casa, em geral, podem ajudar a prevenir danos maiores.
  • Periodontite avançada: Neste estágio final da doença, as fibras e os ossos de sustentação dos dentes estão destruídos, o que faz com que os dentes migrem ou mudem de lugar ou se tornem abalados ou com mobilidade. Isto pode afetar sua mordida e, se o tratamento não for eficaz, você corre o risco de perder seus dentes.
  • www.odonthos.com.br
  • #ODONTHOSODONTOLOGIA

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista campinas dentistas campinas dentista em campinas dentistas em campinas odontologia campinas e valinhos clínica odontológica cambuí campinas dentista cambuí campinas dentistas no cambuí campinas 

Compartilhe:

Seu eu beber água mineral, estarei obtendo flúor suficiente?

Em 10/03/2015

 Se eu beber água mineral, estarei obtendo flúor suficiente?

Se a água mineral for sua fonte principal de água de consumo, você poderá não estar obtendo flúor em quantidade suficiente. Enquanto o flúor é adicionado na água de abastecimento público em 60% dos municípios do Brasil para reduzir a cárie dental, a maioria das águas minerais disponíveis no mercado não contém níveis ideais de flúor.

Diversos fatores são importantes para saber se você está recebendo ou não flúor suficiente, entre eles:

  • O nível de flúor na sua água mineral, que pode variar muito entre as diferentes marcas. Se a quantidade de flúor não aparecer no rótulo, peça informações à empresa responsável.
  • A quantidade de água mineral que você bebe durante o dia.
  • Se você usa a água mineral para beber, cozinhar ou preparar sopas, sucos e outras bebidas.
  • Se você também bebe água fluoretada na escola, trabalho ou outros lugares.

Se você bebe principalmente água mineral, você deve conversar com seu dentista sobre a necessidade de tratamentos complementares com flúor -especialmente se tiver filhos. Seu dentista pode recomendar complementação de flúor se achar que seu filho não está recebendo níveis adequados de flúo
www.odonthos.com.br
#ODONTHOSODONTOLOGIA

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista campinas dentistas campinas dentistas em campinas dentista em campinas dentista cambuí campinas dentistas cambuí campinas odontologia campinas odontologia em campinas ortodontista campinas implante dentário DTM/ATM campinas e valinhos-sp 

Compartilhe:

DOR DE DENTE.O QUE FAZER?

Em 02/03/2015

 Como saber se preciso de um tratamento?

Assim como qualquer trauma na boca, você deve consultar seu dentista imediatamente para saber se um tratamento é necessário. O dentista examinará a área afetada e poderá fazer uma radiografia.

Se a dor é causada por um dente fraturado, trincado ou lascado, você poderá tomar um analgésico simples. Se possível, guarde a parte fraturada do dente e leve-a ao seu dentista. Se um dente for totalmente arrancado da boca devido a um trauma, leve-o ao seu dentista o mais rápido possível. Talvez possa ser possível recolocar seu dente novamente na boca, um procedimento chamado reimplante.

Como um dentista trata um ...?

Dente lascado – Se não sentir dor e a lasca for pequena, fica ao seu critério decidir quando e como o dente deverá ser tratado. Dependendo do tamanho da lasca, ela pode ser suavizada ou corrigida cosmeticamente. Outras opções podem ser o uso de facetas, coroas ou restaurações. Peça ao seu dentista para lhe explicar sobre cada uma delas. Se uma restauração ou dente artificial for lascado, estes deverão ser substituídos.

Dente fraturado ou trincado – Dentes fraturados ou trincados devem ser restaurados assim que possível, para se evitar danos posteriores. Pode ser necessário um tratamento de canal ou fazer a extração do dente. Se a fratura atingir o esmalte e a dentina do dente, uma coroa, em geral, é o melhor tratamento. Lembre-se de que as fraturas nem sempre são visíveis, mesmo por meio de radiografias. Os sintomas podem ser dor durante a mastigação e sensibilidade a alimentos e bebidas frias, em alguns casos ate a bebidas quentes, bem como ao ar, e estes sintomas podem se intensificar com o tempo.

Dente arrancado da boca – O segredo para o sucesso na recolocação de um dente é reimplantálo no local de onde saiu o mais rápido possível. A cada minuto que se passa, um número maior de células da raiz do dente morrerão. Se possível, lave o dente com água apenas, e então o recoloque no local e corra para o dentista imediatamente.O dente deve ser segurado pela coroa, apenas, e não deve secar. O êxito do reimplante é maior durante os primeiros 30 minutos, com boas chances ainda até duas horas após o trauma. Pode ser necessário que seu dentista faça um tratamento de canal uma ou duas semanas após o dente ter se estabilizado.

Dentes irremediavelmente perdidos, ou seja por uma extração realizada por um dentista ou acidentalmente arrancados, devem ser substituídos. Isto evita problemas como dificuldade de mastigação e de fala, alteração de posição entre os dentes remanescentes, disfunção da articulação temporomandibular (ATM) causados pela mastigação no lado onde há mais dentes e um enfraquecimento do maxilar. As opções para a substituição dos dentes podem ser próteses fixas, próteses removíveis ou implantes.

Mandíbula quebrada – Se suspeitar que você ou qualquer outra pessoa esteja com a mandíbula quebrada, não a movimente. A mandíbula deve ser mantida em posição com um lenço, gravata ou toalha amarrada em volta do queixo e por cima da cabeça. Compressas frias devem ser utilizadas para reduzir o inchaço, se houver. Dirija-se imediatamente à sala de emergência de um hospital e chame seu dentista.
www.odonthos.com.br
#ODONTHOSODONTOLOGIA

 

CONTINUE LENDO...

Tags: Odontologia em campinas odontologia campinas e valinhos dentista campinas dentistas campinas clínica odontológica cambuí campinas dentistas cambuí campinas dentista em campinas dentista em campinas cambuí 

Compartilhe:

COMO CUIDAR DA SAÚDE DO MEU BEBÊ

Em 15/02/2015

 

Os bons cuidados bucais começam cedo na vida. Mesmo antes dos dentes do bebê nascerem, existem alguns fatores que podem afetar sua futura aparência e saúde. Por exemplo, a tetraciclina, um antibiótico comum, pode causar a descoloração ou manchas nos dentes. Por esta razão, não deve ser usada por mães que estão amamentando ou mulheres na segunda metade da gravidez.

Como os dentes do bebê geralmente nascem por volta dos seis meses de idade, não há razão para usar os procedimentos padrão da higiene bucal, ou seja, a escovação e o uso do fio dental. Mas, os bebês têm necessidade de cuidados bucais especiais que todos pais devem conhecer. Entre esses cuidados estão a prevenção das cáries causadas pelo uso da mamadeira e a certeza de que seu filho esta recebendo uma quantidade adequada de flúor.

O que são as cáries de mamadeira e como evitá-las?

São cáries causadas pela exposição freqüente a líquidos que contém açúcar, como o leite, as fórmulas comerciais preparadas para bebês e os sucos de fruta. Os líquidos que contém açúcar se acumulam ao redor dos dentes por longos períodos de tempo, enquanto seu bebê está dormindo, provocando as cáries, que primeiro se desenvolvem nos dentes anteriores, tanto da arcada inferior quanto da superior. Por esta razão, nunca deixe sua criança adormecer com a mamadeira de leite ou suco na boca. Ao invés disso, na hora de dormir, dê a ele uma mamadeira com água ou uma chupeta que tenha sido recomendada pelo seu dentista. Ao amamentar, não deixe o bebê se alimentar continuamente. E após cada mamada, limpe os dentes e as gengivas do seu bebê com um pano ou uma gaze umedecidos.

O que é o flúor? Como saber se meu bebê está recebendo a quantidade certa de flúor?

O flúor faz bem mesmo antes de os dentes do seu filho começarem a aparecer. Ele fortalece o esmalte dos dentes enquanto estes estão se formando. Muitas empresas de distribuição de água adicionam a quantidade de flúor adequada ao desenvolvimento dos dentes. Para saber se a água que você recebe em casa contém flúor e qual a quantidade de flúor que é colocada nela, ligue para a empresa de distribuição de água no seu município. Se a água que você recebe não tem flúor (ou não contém a quantidade adequada), fale com seu pediatra ou dentista sobre as gotas de flúor que podem ser administradas ao seu bebê diariamente. Se você usa água engarrafada para beber e para cozinhar, avise seu dentista ou médico. É possível que eles receitem suplementos de flúor para seu bebê.

CONTINUE LENDO...

Tags: Odontologia em campinas e valinhos clínica odontológica cambuí campinas e valinhos dentista em campinas dentistas em campinas dentista cambuí campinas ortodontia implantes estética dental aparelhos fixo de porcelana 

Compartilhe:

O que e uma disfunção da articulação temporomandibular (ATM)?

Em 26/01/2015

 O que é ATM?

É a disfunção da articulação temporomandibular, uma articulação que liga o maxilar ao crânio. A DATM é a disfunção da articulação temporo mandibular que pode, por exemplo, não estar funcionando adequadamente. Essa articulação é uma das mais complexas do corpo humano, responsável por mover a mandíbula para frente, para trás e para os lados. Qualquer problema que impeça a função ou o adequado funcionamento deste complexo sistema de músculos, de ligamentos, de discos e de ossos é chamado de D-ATM. Geralmente, a D-ATM dá a sensação ao indivíduo acometido de que sua mandíbula está saltando para fora, fazendo um estalo e até travando por um instante. A causa exata desta disfunção, em geral, é impossível de ser identificada.

Quais os sintomas da D-ATM?

Disfunções de ATM apresentam muitos sinais e sintomas. É difícil saber com certeza se você tem D-ATM, porque um destes sintomas ou todos eles podem também estar presentes em outros problemas. Seu dentista poderá ajudá-lo a fazer um diagnóstico preciso, através de uma história médica e dentária completa, um exame clínico e de radiografias adequadas.

Alguns dos sintomas mais comuns de D-ATM são:

  • Dores de cabeça (freqüentemente parecidas com enxaquecas), dores de ouvido, dor e pressão atrás dos olhos;
  • Um “clique” ou sensação de desencaixe ao abrir ou fechar a boca;
  • Dor ao bocejar, ao abrir muito a boca ou ao mastigar;
  • Mandíbulas que “ficam presas”, travam ou saem do lugar;
  • Flacidez dos músculos da mandíbula;
  • Uma brusca mudança no modo em que os dentes superiores e inferiores se encaixam.

Como tratar a D-ATM?

Existem diversos tratamentos que você pode seguir para diminuir consideravelmente os sintomas. Seu dentista pode recomendar um ou mais dos seguintes tratamentos:

  • Tentar eliminar a dor e o espasmo muscular através da aplicação de calor úmido ou através de medicamentos como relaxante muscular, aspirina ou outros analgésicos comuns, ou ainda antiinflamatórios;
  • Reduzir os efeitos prejudiciais de travamento ou rangido, por meio de um aparelho, algumas vezes chamado de placa de mordida ou “splint”. Este aparelho, feito sob medida para sua boca, se encaixa nos dentes superiores e ao deslizar sobre os dentes inferiores impede estes dentes inferiores de ranger contra os dentes superiores;
  • Aprender técnicas de relaxamento para ajudar a controlar a tensão muscular na mandíbula. Seu dentista pode sugerir que você procure condicionamento e aconselhamento para ajudar a evitar o estresse;
  • Quando partes da mandíbula são afetadas e os tratamentos não surtiram efeito, uma cirurgia na articulação poderá ser recomendada.
  • www.odonthos.com.br
  • #ODONTHOSODONTOLOGIA

 



CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista em campinas dentistas campinas e valinhos clínica de odontologia em campinas clínica odontológica cambuí campinas DTM/ATM dor de cabeça enxaqueca tratamento ATM 

Compartilhe:

COMO USAR FIO DENTAL

Em 23/01/2015

 Como usar o fio dental

 

Qual a maneira correta de usar o fio dental?

Quando usado corretamente, o fio dental remove a placa bacteriana e os resíduos de alimentos das áreas onde a escova dental não tem acesso fácil, como, por exemplo, a linha da gengiva e as áreas entre os dentes. O uso diário do fio dental é altamente recomendável uma vez que a placa bacteriana pode levar ao aparecimento de cáries e doenças gengivais.

Para usar o fio dental de maneira correta faça o seguinte:

  • Enrole aproximadamente 40 centímetros do fio ao redor de cada dedo médio, deixando uns dez centímetros entre os dedos.
  • Segurando o fio dental entre o polegar e indicador das duas mãos, deslize-o levemente para cima e para baixo entre os dentes.
  • Passe cuidadosamente o fio ao redor da base de cada dente, ultrapassando a linha de junção do dente com a gengiva. Nunca force o fio contra a gengiva, pois ele pode cortar ou machucar o frágil tecido gengival.
  • Utilize uma parte nova do pedaço de fio dental para cada dente a ser limpo.
  • Para remover o fio, use movimentos de trás para frente, retirando-o do meio dos dentes.

Que tipo de fio dental devo usar?

Há dois tipos de fio dental:

  • Fio de nylon (ou multifilamento)
  • Fio PTFE (monofilamento)

Existem no mercado fios dentais de nylon, encerados ou não, com uma grande variedade de sabores. Como esse tipo de fio é composto de muitas fibras de nylon, ele pode, às vezes, rasgar ou desfiar, especialmente se os dentes forem muito juntos. Embora mais caro, o fio de filamento único (PTFE) desliza facilmente entre os dentes, mesmo com pouco espaço, e não se rompe. Usados de maneira adequada os dois tipos de fio removem a placa bacteriana e os resíduos de alimentos.
www.odonthos.com.br
#ODONTHOSODONTOLOGIA

 

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista campinas dentista cambuí campinas dentistas em campinas dentista em campinas e valinhos prevenção em odontologia clínica de odontologia em campinas Clínica odontológica cambuí campinas-sp 

Compartilhe:

Higiene bucal da gravidez a primeira infância

Em 20/01/2015

 Pré natal

Siga estes passos para garantir uma boca saudável.

  • Faça um "checkup" dental.
    Faça uma limpeza e avaliação de seus dentes. Tenha certeza de que todo tratamento seja feito. Os germes que causam as cáries podem passar para seu bebê depois de ele nascer.
  • Escove os dentes três vezes ao dia
    Escove os dentes pelo menos três vezes ao dia. Use uma escova macia. Tenha certeza de colocar as cerdas da escova no local onde a gengiva e os dentes se encontram. É aí que a gengivite começa.
  • Passe o fio dental diariamente. 
    Passe o fio dental diariamente para limpar entre os dentes, onde a escova não alcança.
  • Limite o número de vezes que você ingere doces ou lanches a base de amido no dia. Doces ou lanches a base de amido podem fazer com que seus dentes sofram "ataques ácidos". Doces e refrigerantes podem causar cáries. Coma mais frutas e legumes.
  • Faça o Pré-natal. Siga os conselhos de seu médico. Isso é importante tanto para a sua saúde quanto para a de seu bebê.
  • Receba a quantidade adequada de cálcio. Você necessita de cálcio para a formação dos ossos e dos dentes de seu bebê. Leite, queijos, feijão e folhas são fontes de cálcio.
  • www.odonthos.com.br
  • #ODONTHOSODONTOLOGIA

CONTINUE LENDO...

Tags: Prevenção em odontologia dentista em campinas dentistas em campinas clínica odontológica cambuí campinas e valinhos-sp odontologia campinas e valinhos dentistas especializados ortodontia implantes dentários estética dental 

Compartilhe:

HIPERSENSIBILIDADE DENTINÁRIA(DENTES SENSÍVEIS)

Em 19/01/2015

 Os estímulos mais comuns nos dentes sensíveis podem ser:
  • Alimentos e bebidas frias, quentes, ácidos ou doces.
  • Ar frio.
  • Alguns procedimentos odontológios.
Se esses estímulos lhe causam dor, você não está sozinho, pois 57% dos adultos sofrem de dentes sensíveis.

Qual é a causa da hipersensibilidade dentinária?
A recessão gengival é a principal causa da hipersensibilidade dentinária.

Folheto: Hipersensibilidade
A gengiva retrai por diversas razões, como excesso de força na escovação, avanço da idade, doença periodontal, ou mesmo exposição a alimentos e bebidas ácidas.

Quando a gengiva retrai, pequenos orifícios na raiz do dente, chamados de túbulos dentinários, ficam expostos e abertos.

Estes túbulos dentários levam diretamente ao nervo do dente e podem causar dor.

Por que tratar a hipersensibilidade dentinária?
Ignorar os dentes sensíveis, além de lhe privar de um simples sorvete, pode levar a outros problemas bucais. A dor causada pela hipersensibilidade dentária pode fazer com que você não escove seus dentes adequadamente, aumentando o risco de cárie dentária e doenças gengivais.

Folheto: HipersensibilidadeComo agem os cremes dentais para dentes sensíveis?
A maioria dos cremes dentais para dentes sensiveis é baseada em sais de potássio, na forma de nitrato de potássio, citrato de potássio ou cloreto de potássio. Eles agem no sintoma e não na causa da sensibilidade. Além disso, podem levar semanas para promover alívio significativo.

A tecnologia que utiliza a Arginina e Carbonato de Cálcio age imediatamente na causa da sensibilidade promovendo alívio duradouro.

Se você acha que tem dentes sensíveis, é importante que você fale com seu dentista o mais rápido possível para o correto diagnóstico. Ele poderá identificar a verdadeira causa do seu problema.

Se voce sentir uma dor aguda, curta, ao tomar algo gelado ou quente, você pode ter dentes sensíveis.

Como prevenir
  • Fazer uma correta higiene oral, evitando doenças periodontais e assim a retração da gengiva.
  • Evitar a ingestão de alimentos e bebidas com conteúdo ácido.
  • Usar escovas com cerdas extra-macias e escovar os dentes com suavidade, sem pressão excessiva.
  • Usar cremes dentais que contenham agentes dessensibilizantes.
  • Visite seu dentista para o correto diagnóstico e tratamento.
Se esses estímulos lhe causam dor, você não está sozinho, pois 57% dos adultos sofrem de dentes sensíveis.
www.odonthos.com.br
#ODONTHOSODONTOLOGIA

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista em campinas dentistas em campinas clínica odontológica cambuí campinas odontologia campinas e valinhos-sp dentes sensíveis sensibilidade nos dentes cremes dentais para sensibilidade dos dentes 

Compartilhe:

Mau Hálito

Em 19/01/2015

 Folheto: Mau Hálito

Folheto: Mau Hálito

A halitose não é uma doença, mas um sintoma de que algo não vai bem no organismo. Por isso, é fundamental determinar a causa do odor desagradável na boca, para introduzir o tratamento que, às vezes, pode exigir a participação de especialistas em diferentes áreas.

Folheto: Mau HálitoCausas

  • Má conservação dos dentes, inflamação da gengiva, pedaços de alimentos retidos entre os dentes, abscessos.
  • Menor produção de saliva (por isso, o odor matinal é sempre mais forte do que os que ocorrem durante o dia).
  • Ressecamento da boca decorrente de jejum prolongado, desidratação, exposição ao ar condicionado, estresse, uso de certos medicamentos, assim como respirar pela boca e falar por muito tempo.
  • Presença de saburra lingual, isto é, de uma placa bacteriana esbranquiçada, amarelada ou amarronzada, que se forma sobre a língua.
  • Consumo excessivo de álcool.
  • Infecções como amidalites, sinusites, etc.
Como tratar esse problema?
Escove bem os dentes pelo menos três vezes ao dia e use fio dental diariamente para remover a placa bacteriana e as partículas de alimento que se acumulam. Lembre-se também de escovar a língua.

Se você utiliza dentadura, remova-a antes de dormir e limpe-a bem antes de recoloca-la de manhã. Visite seu dentista regularmente para fazer revisões e limpezas em seus dentes.

Se o seu mau hálito persistir mesmo após estas medidas, consulte seu dentista, já que isso pode ser a indicação da existência de um problema mais sério. Só o dentista poderá dizer se você tem gengivite, boca seca ou excesso de placa bacteriana, que são as causas mais frequentes do mau hálito.

Folheto: Mau HálitoRecomendações
  • Beba bastante água, pelo menos dois litros por dia, para manter a boca sempre umedecida.
  • Evite permanecer muitas horas sem alimentar-se; o jejum prolongado favorece o aparecimento da halitose.
  • Capriche na higiene bucal. Quando escovar os dentes, use também o fio dental e passe a escova especialmente na região posterior da língua.
  • www.odonthos.com.br
  • #ODONTHOSODONTOLOGIA
  •  

CONTINUE LENDO...

Tags: Halitose mau hálito dentista em campinas dentistas em campinas Cirurgião dentista especialista cambuí campinas clínica odontológica campinas e valinhos-sp clínica de odontologia cambuí campinas e valinhos-sp 

Compartilhe:

Como manter seus dentes brancos

Em 19/01/2015

 Como manter meu novo Sorriso Branco?

 

Com o passar do tempo, a exposição a alimentos, bebidas (especialmente café, chá, refrigerante e vinho tinto) e fumo gradualmente escurecerá os dentes recentemente clareados. Mas existem medidas que podem ser tomadas para manter seu sorriso. O pequeno esforço investido em mantê-los brilhantes ao máximo, não é nada se comparado ao dinheiro e/ou tempo necessários ao tratamento de clareamento dos dentes.

Veja baixo algumas dicas para manter seus dentes brancos:

  • Use creme dental branqueador para a remoção de manchas e prevenir o amarelamento dos dentes.
  • Escove ou enxágüe os dentes imediatamente após consumir alimentos ou bebidas que possam manchá-los.
  • Use um canudo para consumir bebidas que possam manchar os dentes, como por exemplo: café, chá, refrigerantes e vinho tinto.
  • Use batom de tonalidade brilhante baseada no azul ou cor-de-rosa. O que confere uma aparência mais branca aos dentes. Evite usar tons alaranjados ou marrons.
  • Verifique se seus dentes necessitam de retoque. Dependendo do método de clareamento usado, um retoque após seis meses, um ano ou dois pode ser necessário. Caso você fume ou beba muito café, talvez precise de um retoque com mais freqüência.
  • www.odonthos.com.br
  • #ODONTHOSODONTOLOGIA
  •  

CONTINUE LENDO...

Tags: Estética dental dentes brancos clareamento dental braqueamento dental dentista em campinas dentistas cambuí campinas e valinhos-sp clínica odontológica campinas e valinhos odontologia campinas e valinhos-sp 

Compartilhe:

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE IMPLANTES DENTÁRIOS

Em 15/01/2015

 1. Qualquer um pode ter implante? 

Não. Crianças menores de 16 anos, pessoas que fumam em excesso, portadores de doenças crônicas (ex: diabetes, hipertensão e cardiopatias graves )e que não estão sob tratamento e acompanhamento médico/ medicamentoso, assim como aqueles que estão em tratamento contra o câncer, hepatite ou osteoporose, não são indicados para fazer implante dentário. 
Os pacientes crônicos devem estar “compensados” para que possam proceder com a intervenção, com segurança.

2. O que acontece se eu continuar sem a prótese? 
Os dentes que estão ao lado do espaço vazio começarão a se inclinar para ocupar o lugar do que falta. Quem não tem dente nenhum percebe que a estrutura do queixo vai se aproximando do nariz. A falta de dentes também faz a pessoa comer alimentos mais cremosos e calóricos.

3. O que causa a perda do dente? 
Na maioria dos casos temos a cárie, principalmente em pessoas com menos de 35 anos e problemas na gengiva e no osso (periodontite) causados pela falta ou ineficácia da higienização bucal (além de causas genéticas) que podem levar à perda de dentes. Pacientes diabéticos (ou histórico familiar) ou cujos pais perderam seus dentes por amolecimento espontâneo, devem procurar a Implantotal para uma “avaliação de saúde bucal”. 

4. O que fazer antes da cirurgia? 
A implantotal preconiza um protocolo de procedimentos, pré e pós cirúrgicos, que contemplam: Exames complementares (Rx Panorâmico, tomografia e exames de sangue), medicamentos (anti-inflamatórios, analgésicos e antibióticos) e orientações sobre aplicação de gelo, repouso e alimentação adequada.

5. Vou sentir dor na operação? 
Não. Todos os procedimentos acontecem sob anestesia e, mesmo assim, com muita técnica e com o mínimo de agressão aos tecidos. O paciente estará liberado para trabalhar em 24 horas, na maioria dos casos.

6. Se perder um dente, devo colocá-lo depois de quanto tempo? 
Procure a Implantotal o mais rápido possível. Durante a consulta, pode-se perceber que o paciente não tem estrutura óssea suficiente para a realização do implante, o que é comum em quem perdeu os dentes há muito tempo. Nesses casos, a solução é um enxerto de osso para preencher o que falta, procedimento mais comum do se imagina.
 
7. Quanto custa fazer um implante? 
Cada paciente é um caso clínico diferente. Para que se possa saber, exatamente, em que consiste seu tratamento e por consequência quanto vai custar, é fundamental que seja feita uma criteriosa avaliação clínica e/ou radiográfica.

8. Como me protejo de ir parar numa clínica sem qualidade? 
Se possível procure conversar com alguém que você conheça e que  já se tratou por lá. Procure saber se a clínica é devidamente registrada no C.R.O (Conselho Regional de Odontologia) do seu Estado, se possui um site que informe o nome e registro dos seus dentistas, e se possui alvará de funcionamento (informações que também devem estar expostas na recepção da clínica ou consultório). 

Durante a consulta, avalie a limpeza geral da clínica e dos profissionais que o atenderão, assim como se os materiais são devidamente esterilizados antes de irem à sua boca, mesmo quando no ato da avaliação clínica. Exija que o(a) profissional que lhe atenda esteja fazendo uso de luvas de procedimento. Todo cuidado com a saúde é pouco!
1. Qualquer um pode ter implante? 

Não. Crianças menores de 16 anos, pessoas que fumam em excesso, portadores de doenças crônicas (ex: diabetes, hipertensão e cardiopatias graves )e que não estão sob tratamento e acompanhamento médico/ medicamentoso, assim como aqueles que estão em tratamento contra o câncer, hepatite ou osteoporose, não são indicados para fazer implante dentário. 
Os pacientes crônicos devem estar “compensados” para que possam proceder com a intervenção, com segurança.

2. O que acontece se eu continuar sem a prótese? 
Os dentes que estão ao lado do espaço vazio começarão a se inclinar para ocupar o lugar do que falta. Quem não tem dente nenhum percebe que a estrutura do queixo vai se aproximando do nariz. A falta de dentes também faz a pessoa comer alimentos mais cremosos e calóricos.

3. O que causa a perda do dente? 
Na maioria dos casos temos a cárie, principalmente em pessoas com menos de 35 anos e problemas na gengiva e no osso (periodontite) causados pela falta ou ineficácia da higienização bucal (além de causas genéticas) que podem levar à perda de dentes. Pacientes diabéticos (ou histórico familiar) ou cujos pais perderam seus dentes por amolecimento espontâneo, devem procurar a Implantotal para uma “avaliação de saúde bucal”. 

4. O que fazer antes da cirurgia? 
A implantotal preconiza um protocolo de procedimentos, pré e pós cirúrgicos, que contemplam: Exames complementares (Rx Panorâmico, tomografia e exames de sangue), medicamentos (anti-inflamatórios, analgésicos e antibióticos) e orientações sobre aplicação de gelo, repouso e alimentação adequada.

5. Vou sentir dor na operação? 
Não. Todos os procedimentos acontecem sob anestesia e, mesmo assim, com muita técnica e com o mínimo de agressão aos tecidos. O paciente estará liberado para trabalhar em 24 horas, na maioria dos casos.

6. Se perder um dente, devo colocá-lo depois de quanto tempo? 
Procure a Implantotal o mais rápido possível. Durante a consulta, pode-se perceber que o paciente não tem estrutura óssea suficiente para a realização do implante, o que é comum em quem perdeu os dentes há muito tempo. Nesses casos, a solução é um enxerto de osso para preencher o que falta, procedimento mais comum do se imagina.
 
7. Quanto custa fazer um implante? 
Cada paciente é um caso clínico diferente. Para que se possa saber, exatamente, em que consiste seu tratamento e por consequência quanto vai custar, é fundamental que seja feita uma criteriosa avaliação clínica e/ou radiográfica.

8. Como me protejo de ir parar numa clínica sem qualidade? 
Se possível procure conversar com alguém que você conheça e que  já se tratou por lá. Procure saber se a clínica é devidamente registrada no C.R.O (Conselho Regional de Odontologia) do seu Estado, se possui um site que informe o nome e registro dos seus dentistas, e se possui alvará de funcionamento (informações que também devem estar expostas na recepção da clínica ou consultório). 

Durante a consulta, avalie a limpeza geral da clínica e dos profissionais que o atenderão, assim como se os materiais são devidamente esterilizados antes de irem à sua boca, mesmo quando no ato da avaliação clínica. Exija que o(a) profissional que lhe atenda esteja fazendo uso de luvas de procedimento. Todo cuidado com a saúde é pouco!
1. Qualquer um pode ter implante? 

Não. Crianças menores de 16 anos, pessoas que fumam em excesso, portadores de doenças crônicas (ex: diabetes, hipertensão e cardiopatias graves )e que não estão sob tratamento e acompanhamento médico/ medicamentoso, assim como aqueles que estão em tratamento contra o câncer, hepatite ou osteoporose, não são indicados para fazer implante dentário. 
Os pacientes crônicos devem estar “compensados” para que possam proceder com a intervenção, com segurança.

2. O que acontece se eu continuar sem a prótese? 
Os dentes que estão ao lado do espaço vazio começarão a se inclinar para ocupar o lugar do que falta. Quem não tem dente nenhum percebe que a estrutura do queixo vai se aproximando do nariz. A falta de dentes também faz a pessoa comer alimentos mais cremosos e calóricos.

3. O que causa a perda do dente? 
Na maioria dos casos temos a cárie, principalmente em pessoas com menos de 35 anos e problemas na gengiva e no osso (periodontite) causados pela falta ou ineficácia da higienização bucal (além de causas genéticas) que podem levar à perda de dentes. Pacientes diabéticos (ou histórico familiar) ou cujos pais perderam seus dentes por amolecimento espontâneo, devem procurar a Implantotal para uma “avaliação de saúde bucal”. 

4. O que fazer antes da cirurgia? 
A implantotal preconiza um protocolo de procedimentos, pré e pós cirúrgicos, que contemplam: Exames complementares (Rx Panorâmico, tomografia e exames de sangue), medicamentos (anti-inflamatórios, analgésicos e antibióticos) e orientações sobre aplicação de gelo, repouso e alimentação adequada.

5. Vou sentir dor na operação? 
Não. Todos os procedimentos acontecem sob anestesia e, mesmo assim, com muita técnica e com o mínimo de agressão aos tecidos. O paciente estará liberado para trabalhar em 24 horas, na maioria dos casos.

6. Se perder um dente, devo colocá-lo depois de quanto tempo? 
Procure a Implantotal o mais rápido possível. Durante a consulta, pode-se perceber que o paciente não tem estrutura óssea suficiente para a realização do implante, o que é comum em quem perdeu os dentes há muito tempo. Nesses casos, a solução é um enxerto de osso para preencher o que falta, procedimento mais comum do se imagina.
 
7. Quanto custa fazer um implante? 
Cada paciente é um caso clínico diferente. Para que se possa saber, exatamente, em que consiste seu tratamento e por consequência quanto vai custar, é fundamental que seja feita uma criteriosa avaliação clínica e/ou radiográfica.

8. Como me protejo de ir parar numa clínica sem qualidade? 
Se possível procure conversar com alguém que você conheça e que  já se tratou por lá. Procure saber se a clínica é devidamente registrada no C.R.O (Conselho Regional de Odontologia) do seu Estado, se possui um site que informe o nome e registro dos seus dentistas, e se possui alvará de funcionamento (informações que também devem estar expostas na recepção da clínica ou consultório). 

Durante a consulta, avalie a limpeza geral da clínica e dos profissionais que o atenderão, assim como se os materiais são devidamente esterilizados antes de irem à sua boca, mesmo quando no ato da avaliação clínica. Exija que o(a) profissional que lhe atenda esteja fazendo uso de luvas de procedimento. Todo cuidado com a saúde é pouco!
www.odonthos.com.br
#ODONTHOSODONTOLOGIA

CONTINUE LENDO...

Tags: Impalntes dentários em campinas clínica de odontologia cambuí campinas prótese dentária clínica odontológica em campinas dentista em campinas e valinhos-SP dentistas em campinas e valinhos implantodontista cambuí campinas 

Compartilhe:

DTM/ATM O QUE É?

Em 02/12/2014

Para ajudá-lo a tomar decisões corretas sobre sua saúde, saiba um pouco mais sobre esta disfunção.

A Disfunção da ATM é o funcionamento anormal da articulação temporo-mandibular, ligamentos, músculos da mastigação, ossos maxilar-mandíbula, dentes e estruturas de suporte dentário.

Quando existe a disfunção, o paciente apresenta sintomas, como dor de cabeça, dor de ouvido e/ou zumbidos, dor ou cansaço dos músculos da mastigação, ruídos articulares (estalos ou crepitação) e dificuldade para abrir a boca.

A disfunção da ATM está relacionada a hábitos comuns, como o apertamento dentário e o bruxismo (frender ou ranger), morder objetos estranhos, roer unhas, mastigar chicletes, postura da cabeça (para a frente), o de prender o telefone com o queixo ou ainda apresentar fatores relacionados com o estresse, depressão e ansiedade ou eventos traumáticos.

Estes pacientes apresentam um quadro clínico muitas vezes obscuro, devido a complexidade anatomo-funcional da cabeça e o comprometimento emocional, envolvendo, no estudo desta doença, o médico clínico, ORL, neurologista, cirurgião buco-maxilo-facial, dentista clínico, médico fisiatra, fonoaudiólogo, psiquiatra e também o psicólogo, pelo constante estresse e tensão emocional, já que a dor muscular causa tensão e depressão, criando-se assim um ciclo vicioso de dor-depressão, característico nos pacientes com dores crônicas.

Na maioria dos casos, por sentir dor de ouvido ou dor de cabeça (talvez, a mais freqüente de todas as queixas de dor local intermitente e, por serem manifestações heterotópicas é uma dor primária bastante rara), submetem-se a avaliação médica e exames de eletroencefalografia, tomografia computadorizada ou ressonância magnética, no entanto, sem chegar a um diagnóstico preciso por tratar-se de pacientes com disfunção da ATM.

Esta disfunção é encontrada, com maior freqüência nas mulheres, sendo aproximadamente de 9 mulheres para 1 homem. Tenta-se explicar esta alta incidência, devido ao fato da mulher estar exposta ao estresse emocional, às mudanças hormonais durante o ciclo menstrual o a gravidez e às alterações anatômicas, que produziriam uma má relação do côndilo com o disco articular; e também, comparadas aos homens, procuram com maior freqüência ajuda médica. Em relação a idade, pode ocorrer em qualquer faixa etária, mas é mais comum dos 30 aos 40 anos.

A oclusão dentária representa papel importante como fator predisponente que altera o sistema mastigatório, incrementando os riscos para desenvolver disfunção de ATM. Os hábitos parafuncionais e má-oclusão dentária induziriam micro-traumas na ATM, desenvolvendo-se assim lesões degenerativas no côndilo e no disco articular.

Cabe ao Cirurgião Dentista especializado a grande responsabilidade para o correto controle das dores oro-faciais. Sua experiência e a busca constante de melhorias nos serviços técnicos prestados, orientados pela ética e responsabilidade profissional, fará com que diferencie as dores que vêm das regiões orais e, portanto, elimine-as com procedimentos odontológicos. Aquelas que provêm de outras regiões necessitam de tratamento médico.

  

CONTINUE LENDO...

Tags: DOR DE CABEÇA DTM/ATM CLÍNICA ODONTOLÓGICA EM CAMÍNAS ODONTOLOGIA CAMBUÍ CAMPINAS DENTISTA EM CAMPINAS DENTISTAS CAMBUÍ CAMPINAS-SP CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO EM CAMPINAS E VALINHOS SP 

Compartilhe:

Mitos e Verdades sobre implantes dentários

Em 20/11/2014

 

O que é implante dentário?

Implante dentário é um cilindro (pino) de titânio colocado dentro do osso, abaixo da gengiva e que tem a função de fazer o mesmo papel da raiz do dente. Em cima do implante é que o cirurgião dentista coloca o dente.

Todas as pessoas podem fazer implantes dentários?

Em saúde as palavras todas, nenhuma, sempre e nunca não devem ser usadas. Algumas vezes o paciente não pode fazer o implante naquele momento ou não pode fazer por uma determinada condição, mas isso não impede que ele venha a poder fazer. O importante em relação ao paciente é que ele tenha um bom estado geral de saúde.

 

Quais são os fatores que contra indicam um implante dentário?

Os principais motivos de contra indicação é a colocação de implantes dentários em crianças antes da fase final de crescimento e pessoas que tenha uma expectativa acima do normal com resultados e estética. Pessoas com problemas cardíacos de alto risco, como próteses valvulares aórticas ou mitrais, cardiopatias congênitas ou com antecedentes de endocardite infecciosa. Os outros fatores de uma maneira geral, contra indicam temporariamente ou diminuem a margem de sucesso.

Os implantes rejeitam?

Não, não existe rejeição dos implantes pelo organismo. Os implantes são feito de titânio e esse material é inerte ao osso. Isso quer dizer que o organismo não percebe que algo foi colocado no osso e por isso tenta fechar o furo feito pela broca para a colocação do implante. Quando o osso preenche esse orifício, ele trava o implante e isso é o que chamamos de osseointegração. Podem ocorrer problemas devido a problemas na cirurgia, no pós-operatório, pela qualidade do osso, mas não por rejeição.

CONTINUE LENDO...

Tags: Implantes dentários em campinas dentista em campinas odontologia cambuí campinas clínica odontológica em campinas reabilitação oral prótese dentária prótese sobre implante Valinhos-SP 

Compartilhe:

Como eu sei qual a tonalidade dos meus dentes?

Em 17/11/2014

 No campo dentário não há um sistema padrão para medir e determinar a tonalidade dos dentes. Assim como também não há uma resposta sobre o quanto seus dentes podem ficar brancos - cada situação pessoal é única. Uma referência comumente usada, no entanto, é um guia de tonalidades. 


Um dos guias mais comuns divide a tonalidade dos dentes em uma graduação de quatro tons básicos:

  • A (marrom avermelhado)
  • B (amarelo avermelhado)
  • C (acinzentado)
  • D (cinza avermelhado)

Dentro de cada graduação existem diferentes níveis de escurecimento - o resultado é uma tabela suficientemente detalhada para que quase todo mundo possa encontrar a exata tonalidade de seu dente no guia. 

Para usar o guia, simplesmente compare a tonalidade atual de seu dente com a correspondente na tabela. A tonalidade encontrada estabelece um ponto de partida para determinar o quanto você determina você gostaria que seus dentes ficassem brancos. 

O quanto os seus dentes deveriam ficar brancos? Isto depende. 

Não existe apenas uma maneira adequada de clarear os dentes. Algumas pessoas querem uma mudança radical e instantânea, enquanto outras preferem um clareamento gradual como os obtidos com gel e creme dental branqueador. O resultado final depende da tonalidade natural do dente, de quanto certas manchas difíceis são de sair e do tipo de tratamento escolhido. Lembre-se:

  • Uma mudança de apenas duas ou três tonalidades pode proporcionar uma sensível diferença em qualquer sorriso.
  • Embora o clareamento possa mudar ocasionalmente a tonalidade do dente nove ou mais graduações, a maioria das pessoas que clareia os dentes nota uma diferença entre duas e sete tonalidades.
  • Cada procedimento tem suas vantagens e desvantagens. Clareamento a laser e outros procedimentos branqueadores realizados em consultório, por exemplo, podem produzir resultados mais satisfatórios, porém sem seu valor mais elevado.
  •  

CONTINUE LENDO...

Tags: Estética dental clareamento dentário braqueamento dos dentes dentista em campinas odontologia em campinas clínica odontológica Cambuí campinas lentes de contato facetas porcelana 

Compartilhe:

DIABETES X PROBLEMAS DE SAÚDE BUCAL

Em 11/11/2014

Existe uma ligação entre as doenças gengivais e diabetes?

Dos 21 milhões de americanos que têm diabetes, muitos podem ficar surpresos com uma inesperada complicação associada com esta condição. 1, 2 Pesquisas sugerem que há uma prevalência aumentada de doenças gengivais (gengivite e periodontite) dentre aqueles com diabetes, somando as doenças gengivais a uma lista de outras complicações associadas com diabetes, tais como doenças cardíacas, acidentes vasculares encefálicos isquêmicos (derrame cerebral) e doenças renais.3

CONTINUE LENDO...

Tags: Dentista em campinas dentistas cambuí campinas clínica odontológica em campinas odontologia campinas cirurgião dentista implantes dentários prótese dentária estética dental clareamento dental Valinhos-SP 

Compartilhe:

MITOS SOBRE ORTODONTIA LINGUAL

Em 10/11/2014

A Ortodontia Lingual é uma técnica ortodôntica fixa, onde os braquetes são colados nas faces linguais dos dentes. Assim como qualquer outra técnica ortodôntica, não diagnostica ou trata determinado tipo de caso clínico. É uma ferramenta de trabalho que, se usada adequadamente, irá permitir que alcancemos uma posição dentária ideal, dentro de uma oclusão funcional, em harmonia com as ATMs e musculatura associada. É totalmente dependente de um diagnóstico e um planejamento de tratamento coerente. A falta de conhecimento da técnica lingual faz com que profissionais menos atualizados criem diversos mitos acerca da mesma.

CONTINUE LENDO...

Tags: Ortodontia dentária lingual invisível ortodontista em Campinas clínica de odontologia em campinas clínica odontológica em campinas dentista em campinas aparelho dentário de porcelana Valinhos-SP 

Compartilhe:

PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE APARELHOS DENTÁRIOS AUTOLIGADOS X APARELHOS DE BORRACHINHA

Em 06/11/2014

 Diferença entre aparelhos AUTOLIGADOS e CONVENCIONAIS
 
Uma dúvida muito comum a todos os pacientes é relativo aos aparelhos AUTOLIGADOS, e suas diferenças em relação aos Convencionais.
 
Para sanar esta dúvida, vou fazer uma breve descrição dos aparelhos e mostrar a IMENSA diferença que existe entre os dois tipos de aparelhos.
 
 
APARELHO CONVENCIONAL
 
A principal característica de um aparelho convencional é o uso de ligaduras elásticas (Borrachinhas).
Podemos ver isso claramente na foto ao lado.
 
Apesar de bonitinhas, as ligaduras elásticas prejudicam e muito no desenvolvimento do tratamento, uma vez que, por serem muito porosas, são responsáveis pelo acúmulo de bactérias, gerando CÁRIES, TÁRTARO, MAU HÁLITO. Além disso, um outro problema MUITO SÉRIO é que as borrachinhas causam muito ATRITO com o fio, fazendo com que o tratamento fique mais limitado, lento, MAIS DOLORIDO, e muito mais prejudicial aos tecidos periodontais (o osso, a gengiva, além do dente).
 
 
 
APARELHO AUTOLIGADO
 
A principal característica dos aparelhos AUTOLIGADOS é a ausência das ligaduras elásticas. Observe a foto ao lado!
 
Sem as ligaduras elásticas, o acúmulo de bactérias no aparelho diminui drasticamente, evitando assim CÁRIES, TÁRTARO, MAU HÁLITO, e outros problemas relacionados. Além disso, por não ter borrachas, o tratamento AUTOLIGADO é muito mais eficiente, RÁPIDO, INDOLOR e não prejudica os tecidos periodontais, pois usa uma força bio adaptativa, ou seja que imita a força fisiológica de erupção dos dentes. (FORÇA LEVE, SEM DOR).
 
 
DIFERENÇA NO TRATAMENTO
 
Uma das principais diferenças entre os dois aparelhos, é que com o AUTOLIGADO, o ortodontista tem condições de fazer a maioria dos tratamentos SEM EXTRAÇÕES DENTÁRIAS, além de conseguir uma excelente expansão maxilar (SORRISO FICA MAIS ABERTO).
 
Essa diferença está revolucionando os tratamentos ortodônticos e ortopédicos atuais, fazendo com que a ortodontia alcance patamares de sucesso altíssimos, e deixando cada vez mais pacientes satisfeitos com seus sorrisos!   
 

CONTINUE LENDO...

Tags: Ortodontista em campinas dentista em campinas dentistas cambuí campinas odontologia campinas clínica odontológica em campinas ortodontia campinas aparelhos estéticos de porcelana aparelho dentário autoligado Valinhos-SP 

Compartilhe:

BRUXISMO SINAIS E SINTOMAS

Em 03/11/2014

Bruxismo: sinais e sintomas

 

O que é Bruxismo?

Se você acorda e os músculos da sua mandíbula estão doloridos ou com dor de cabeça, você pode estar sofrendo de bruxismo - um ranger ou um forte apertar dos dentes. O bruxismo pode fazer os dentes ficarem doloridos ou soltos, e, às vezes, partes dos dentes são literalmente desgastados. Eventualmente, o bruxismo pode acarretar a destruição do osso circunvizinho e do tecido da gengiva. O Bruxismo também pode levar a problemas que envolvam a articulação da mandíbula, como síndrome da articulação têmporo-mandibular (ATM).

Como saber se tenho bruxismo?

Para muitas pessoas, o bruxismo é um hábito inconsciente. Estas pessoas podem nem mesmo perceber que estão fazendo isto, até que alguém comente que elas fazem um horrível som de ranger de dentes enquanto estão dormindo. Para outras pessoas, é quando fazem um exame dental rotineiro e descobrem que seus dentes estão desgastados ou o esmalte de seu dente está rachado.

Outros potenciais sinais de bruxismo incluem dor na face, na cabeça e no pescoço. Seu dentista é capaz de fazer um diagnóstico preciso e determinar se a origem da dor facial é causada por bruxismo.

Como o bruxismo é tratado?

O tratamento apropriado dependerá do que está lhe causando o problema. Fazendo perguntas apropriadas e examinando detalhadamente seus dentes, seu dentista pode lhe ajudar a determinar se a fonte potencial de seu bruxismo. Com base no grau dos danos causados a seus dentes e a causa provável, seu dentista poderá sugerir:

  • O uso de um dispositivo quando dormir. Feito sob medida pelo seu dentista e ajustado aos seus dentes, o dispositivo encaixa-se sobre os dentes superiores e os protege de se triturarem com os dentes inferiores. Apesar de o dispositivo ser uma boa maneira para lidar com bruxismo, ele não é uma cura.
  • Encontrando meios de relaxamento. A tensão cotidiana parece ser uma das causas principais do bruxismo, e não importa o que seja que reduza a tensão, pode contribuir - ouvir música, ler um livro, fazer um passeio ou tomar um banho. Procurar alguma terapia auxiliará no aprendizado de meios eficazes de controlar situações estressantes. Adicionalmente, se aplicar uma toalhinha morna e molhada no lado de sua face isto poderá ajudar a relaxar os músculos doloridos devido à pressão exercida.
  • Reduzindo a "exposição" de um ou mais dentes para igualar sua mordida. Uma mordida anormal, no qual os dentes não se ajustam bem, também pode ser corrigido com restaurações, coroas ou ortodontia.
  •  
 

CONTINUE LENDO...

Tags: Bruxismo rangido dos dentes placa de bruxismo dentista em campinas odontologia cambuí campinas-SP clínica odontológica em campinas cirurgião dentista em campinas clínica geral dtm/atm dor de cabeça Valinhos-SP 

Compartilhe:

DISFUNÇÃO DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR(DTM)

Em 30/10/2014

A DTM, o que é? Seus sintomas. Disfunção da ATM - DTM. 50 anos- Tem tratamento, cura, sem remédio? Dor de cabeça, tontura, zumbido, estalo, vista embaça. Sintomas DTM: tratamento, causas e diagnóstico.

       O termo ATM, antigamente designado, articulação temporo mandibular, foi atualmente substituído por Algias por Tensões Musculares (denominação dada, pelo Prof. Dr. JJ Barros). Também é chamado de DTM ou D-ATM (Distúrbio Temporo Mandibular), DOF (Dor Oro Facial) ou TMJ – termo em inglês (que significa Temporomandibular Joint Disorders) e, refere a uma série de fatores, que podem comprometer músculos, ligamentos e articulações, podendo gerar dores, que podem irradiar para cabeça, olhos, ombros, pescoço, braços, peito, abaixo das mamas; dificuldades de abrir ou fechar a boca, estalos ou crepitações, tontura, vertigem ou zumbido no ouvido (sintomas semelhantes a labirintite), entre diversos outros sintomas. 

CONTINUE LENDO...

Tags: DTM/ATM DORES DE CABEÇA CEFALÉIA DISFUNÇÃO ARTICULAR DENTISTA EM CAMPINAS ODONTOLOGIA CAMPINAS CLÍNICA ODONTOLÓGICA EM CAMPINAS TRATAMENTO DTM/ATM Valinhos-SP 

Compartilhe:

ORTODONTIA LINGUAL|APARELHO LINGUAL|APARELHO DENTÁRIO INVISÍVEL

Em 23/10/2014

A ortodontia lingual ou invisível consiste em montar o aparelho fixo dentário na face interna dos dentes.Para quem precisa realizar tratamento ortodôntico e não está disposto à usar aparelho fixo dentário convencional esta é a melhor opção, pois oferece resultados excelentes como o aparelho ortodôntico convencional com o diferencial de total discrição.O aparelho fica invisível e é praticamente impossível alguém perceber a presença do mesmo.


CONTINUE LENDO...

Tags: Aparelho lingual aparelho invisível ortodontia invisível aparelho fixo dentário dentista em campinas dentistas em campinas e Valinhos odontologia cambuí clínica odontológica em campinas ortodontista especialista cambuí campinas-sp  

Compartilhe:

Saiba escolher o melhor enxaguante bucal

Em 22/10/2014

Os fabricantes de enxaguantes bucais não poupam esforços para recomendar o uso diário de seus produtos. São propagandas na TV, em revistas, em jornais... Mas afinal, eles devem mesmo ser usados todo dia? Fazer bochecho é fundamental à escovação?

“Não”, respondem em coro os dentistas.. A maioria dos enxaguantes é formada por antisépticos bucais, produtos com alta concentração de álcool e de outras substâncias perigosas para os dentes. Isso mesmo. Antisépticos são uma ameaça à saúde bucal.

A afirmação pode soar contraditória, mas ela traduz um conceito já bem conhecido pela população. “Os medicamentos não fazem mal na dose errada? Então, com antiséptico é a mesma coisa”, esclarece Eugênio Macedo Guimarães, dentista da Mosaico Odontologia, de São Paulo.

Os antisépticos são indicados para casos específicos e devem ser usados sob orientação profissional, apesar de serem comercializados livremente. “Eles são bons para antes ou depois de cirurgias nos dentes, pois reduzem o risco de infecções”, explica o dentista.

CONTINUE LENDO...

Tags: Enxaguante bucal prevenção Dentista em campinas dentistas em campinas cirurgião dentista cambuí campinas odontologia campinas e Valinhos-SP 

Compartilhe:

IMPLANTES DENTÁRIOS OSSEOINTEGRADOS

Em 20/10/2014

O Implante dentário é um parafuso de titânio com dimensões variadas, e que são cirurgicamente instalados nos ossos da:  Maxila (parte superior) e da Mandíbula (parte inferior da boca). O parafuso do implante é feito em titânio, por ser um material que o organismo humano aceita muito bem, com riscos mínimos de rejeição.

Observação: Quando perdemos um ou mais dentes, devemos IMEDIATAMENTE procurar por uma clínica dentária especializada para proceder a instalação do(s) implante(s), pois a região do osso onde houve a perda do dente inicia um processo de “reabsorção” da massa óssea, tornando a região cada vez mais fina e curta. Se o paciente demorar muito para procurar ajuda poderá ter que investir mais no seu tratamento, por necessidade de enxerto ósseo.

CONTINUE LENDO...

Tags: Clínica de implantodontia em Campinas;Implantes dentários cirurgião dentista Cambuí Campinas odontologia campinas;dentista em Campinas-SP odontologia em Valinhos-SP  

Compartilhe:

PREVENÇÃO EM SAÚDE BUCAL

Em 15/10/2014

 Entre a gengiva e o dente existe um espaço, sulco gengival,(vamos
compara-lo à cutícula de unha), que em condições normais atinge até 3mm
de profundidade. Após as refeições, os restos alimentares (placa bacteriana), penetram nesses espaços e após 72 hrs. Endurecem , formando o tártaro, este é duro e áspero, irritando e inflamando a gengiva, provocando sangramento ao leve toque da escova. Esta gengiva inflamada descola do osso e esse por sua vez reabsorve, com processo contínuo, após algum tempo o dente fica mole e caí. 

A única maneira de se evitar isto, é uma boa escovação, após cada
refeição, com escova macia e fio dental. Coloca-se a escova entre o dente e a gengiva à 45 graus e faz-se movimentos vibratórios (vai e vem), sem colocar força, deve ser movimento delicado para não retrair a gengiva, e expor a raiz dental. Encoste o fio dental no dente e desça e suba-o lustrando, dente por dente, a cada lado, após isso, três bochechos bem fortes com água.
DICA - Passe a língua nos dentes, por dentro e por fora, se estiver liso está bom, caso contrário escovar até que fique liso. 
APÓS INGERIR ALGUM ALIMENTO (REFRIGERANTE,CAFEZINHO, BALA, ETC.),
 O PH FICA ALTERADO PÔR MÉDIA DE 45 MIN., PROPENSO À CÁRIES, APÓS ISSO INICIA-SE O PROBLEMA PERIODONTAL. PORTANTO, É IMPORTANTE TER HORA CERTA PARA COMER E ESCOVAR, BELISCAR ENTRE AS REFEIÇÕES PODE-SE FICAR COM O PH ALTERADO O DIA INTEIRO, PROPENSO ÀS CÁRIES.

CONTINUE LENDO...

Tags: Prevenção em odontologia saúde bucal dentista em campinas odontologia cambuí Campinas clínica odontológica Cambuí Campinas  dentistas especializados ortodontia em valinhos dentista Valinhos-SP 

Compartilhe:

Aparelho ortodôntico Lingual ou aparelho dentário Invisível

Em 23/09/2014

  O que é ORTODONTIA LINGUAL?

     A Ortodontia Lingual é uma técnica para correção ortodôntica onde a aparatologia é fixada na face lingual dos dentes (interna, do lado da língua), possibilitando assim que o aparelho não seja visto. Proporciona uma correção das maloclusões com um "aparelho invisível", evitando o desconforto visual do aparelho metálico convencional para aqueles que desejam seu uso.

     Dentre as suas vantagens podemos citar:

» A Estética pessoal durante o tratamento, pois o aparelho não aparece. O "aparelho invisível" permite que os dentes sejam corrigidos sem que as pessoas notem o aparelho, melhorando a auto-estima do paciente. O seu uso está sendo procurado por artistas, modelos e figuras públicas, pois a ortodontia lingual é externamente invisível.

» Os aparelhos dentários linguais são indicados também para desportistas, pois em caso de impactos, não há risco de ferimentos causados pelo aparelho.

» A higienização do aparelho lingual, ao contrário do que parece, é mais fácil pois a língua promove a autolimpeza, ajudada pelos movimentos da língua e a maior quantidade de saliva presente na parte interna da cavidade bucal.

» A limpeza do aparelho dentário lingual é feita de maneira habitual. O fio dental pode ser utilizado sem auxílio de "passa-fios". Caso ocorram manchas no esmalte devido a uma má higienização, estas manchas estariam pela face interna dos dentes, evitando restaurações visíveis durante o sorriso.

» A adaptação ao uso do aparelho lingual é rápida, em menos de uma semana o paciente se adapta à suas formas, que são arredondadas. O tempo de tratamento não é maior que os aparelhos dentários tradicionais.

CONTINUE LENDO...

Tags: Aparelho dentário ortodôntico invisível Ortodontia Campinas ortodontista Campinas dentista em Campinas dentista Cambuí Campinas ortodontia  aparelho fixo dentário em Valinhos-SP 

Compartilhe:

IMPLANTES DENTÁRIOS OSSEOINTEGRADOS

Em 23/09/2014

 A reabilitação oral é a área da odontologia onde se restabelece a uma nova função mastigatória ao paciente que por algum motivo teve perda de um ou vários elementos dentários. Essa ou essas perdas podem acarretar diversos problemas ao paciente, pois haverá inclinação dos outros dentes, trazendo desarmonia da oclusão(encaixe dos dentes), problemas periodontais(gengiva e ligamentos). Além da movimentação dos dentes de forma inadequada pode também desenvolver problemas na Articulação Temporomandibular(ATM) e dor Orofacial (dores de cabeça), estética, dentre outros.

Neste caso, podemos devolver uma harmonia perdida pelo paciente usando vários artifícios que a prótese dentária ou implante dentário permitem, seja ela prótese dentária fixa(popularmente conhecida como ponte fixa); Prótese dentária removível(ponte móvel); Prótese dentária total(dentadura); ou ainda através da prótese dentária sobre implante dentário. Há casos em que o paciente perde somente a coroa do dente(parte do dente que fica exposta na cavidade oral) e fica com a raiz. Neste caso temos a possibilidade de tratarmos o canal(às vezes não há essa possibilidade e se perde o dente) e colocarmos um pino intracanal e fazermos uma Coroa Protética(conhecida como jaqueta).

O implante dentário é um suporte ou estrutura metálica fixada cirurgicamente no osso maxilar abaixo da gengiva. Quando colocado, permite ao dentista montar dentes substitutos sobre eles e em função de estar integrado ao osso maxilar, o implante dentário oferece um suporte estável para os dentes artificiais (prótese dentária sobre implante). 

Hoje em dia com o advento da porcelana conseguimos na maioria das vezes “esconder” o metal do implante dentário, ou seja, quando o paciente sorri não aparece o metal prateado indesejável. Em outros casos fazemos a jaqueta livre de metal, chamada de metal free (tem que ter a indicação correta para esses casos).

CONTINUE LENDO...

Tags: Implante dentário Prótese sobre Implante cirurgião dentista em campinas odontologia Cambuí Campinas-SP dentista especialista em aparelhos fixo Valinhos-SP 

Compartilhe:

FACETAS DE PORCELANA - LENTES DE CONTATO ODONTOLÓGICA

Em 16/09/2014

Se há alguns anos as facetas cerâmicas impressionaram o universo da Odontologia Restauradora com a possibilidade da transformação estética de sorrisos pela realização de mínimos desgastes dentários, atualmente são as "lentes de contato" dentárias que impressionam! Pela exposição diária na mídia através dos "sorrisos perfeitos" dos artistas, as lentes de contato tornaram-se a coqueluche da odontologia cosmética
atual.

Com a evolução das propriedades ópticas e principalmente mecânicas das cerâmicas odontológicas, hoje é possível construir estruturas cerâmicas ultra-finas (lentes de contatoentárias)

com apenas 0,2 mm de espessura que possibilitam um tratamento altamente estético e minimamente invasivo, com mínimo desgaste ou em determinadas situações nenhum desgaste dentário. As lentes de contato são normalmente indicadas por razões estéticas, sendo capazes de corrigir desde pequenas imperfeições de forma dental até dentes anteriores com pequenas fraturas ou com diastemas. Podem ser usadas ainda para disfarçar manchas dentárias e pequenas descolorações.As lentes de contato são confeccionadas em laboratório a partir de um modelo obtido em consultório pelo dentista. Elas devem ser "coladas" aos dentes com um cimento resinoso que apresente propriedades ótimas com relação à adesão ao esmalte e estabilidade de cor. Como a cor final da restauração é influenciada também pela cor do cimento resinoso uma vez que a lente de contato é extremamente fina, é recomendável que o dentista faça uma prévia seleção da cor do cimento usando os kits de pastas "try-in" que normalmente acompanham os cimentos resinosos. Quando corretamente indicadas, as lentes de contato podem durar de 5 a 10 anos. 

CONTINUE LENDO...

Tags: Faceta de porcelana lentes de contato odontológica Dentista em Campinas prótese dentária Clínica de Odontologia Campinas-SP dentista em Valinhos-SP 

Compartilhe:

RONCO E APNÉIA

Em 04/09/2014

O Ronco e a Apnéia do Sono são ocorrências muito graves e capazes de induzir doenças como obesidade, diabetes, infarto do miocárdio e derrames. Acidentes fatais de trânsito e no trabalho também são conseqüências, sem falarmos nos relacionamentos conjugais abalados.

Os tratamentos realizados com sistemas de ventilação e cirúrgicos, além de não serem totalmente efetivos, têm custo muito alto.

O Dr. Prenticesidinei de Oliveira, com seus amplos conhecimentos sobre os problemas causados pelo Ronco e a Apnéia do sono, desenvolveu um aparelho intra-oral baseado em estudos e pesquisas com aparelhos dos EUA.
Abaixo um exemplo de aparelho de ronco e apnéia.

 

CONTINUE LENDO...

Tags: Aparelho Ronco e apnéia disturbio do sono ortodontia dentistas campinas-sp dentista em campinas-sp dentista cambuí campinas odontologia em valinhos-sp clínica odontológica em valinhos-sp 

Compartilhe:

O que é Ortopedia Funcional Maxilar

Em 11/08/2014

 O profissional de Ortodontia que lida com Ortopedia Funcional dos Maxilares não olha para a boca ou para qualquer outro elemento do Sistema Estomatognático (SE) como um órgão isolado. Todas as funções do Sistema (mastigação, deglutição, respiração, fonoarticulação) estão interligadas e interferem no desenvolvimento da face em geral e das arcadas dentárias em particular. 

A OFM visa, então, atuar diretamente sobre o padrão de desenvolvimento do indivíduo, modificando o sistema esqueletal e órgãos motores associados. Na criança em desenvolvimento, seria qualquer alteração induzida por um aparelho que resulte em modificação do padrão de crescimento atual do SE, tanto em direção quanto em quantidade. 

É importante salientar que o desenvolvimento das estruturas faciais não seguem um inevitável padrão de crescimento. 

Quando colocamos um aparelho ortopédico, ocorre alteração na postura mandibular. Essa mudança alterará toda a direção da força muscular e, quando o paciente estiver usando o aparelho, os movimentos mandibulares ocorrerão da forma que foram previstos na construção do aparelho dentário.  

CONTINUE LENDO...

Tags: Ortopedia Funcional Maxilar ortodontista  dentista Cambuí Campinas-SP aparelho fixo transparente dentista em campinas e valinhos-sp odontologia cambuí campinas e valinhos-sp 

Compartilhe:

Ortodontia com aparelho Autoligado

Em 01/08/2014

 Aparelho fixo autoligados é uma nova geração de aparelhos dentários que não utilizam as borrachinhas coloridas como forma de ativação do aparelho.São clips que se fecham e prendem o arco ou fio ortodôntico de forma mais branda ou passiva.Essa interação faz com que os movimentos tenham menos atrito, diminuindo os efeitos colaterais do sistema convencional(borrachinhas).Ganhamos em tempo de tratamento, menos consultas com o ortodontista, mais conforto e eficiência.
Abaixo, caso clínico ortodôntico tratado com aparelho dentário fixo autoligado ou autoligante.


CONTINUE LENDO...

Tags: Ortodontia aparelho fixo dentário autoligado ortodontista Cambuí Campinas-SP dentista em campinas dentista cambuí campinas e valinhos-sp  

Compartilhe:

Dados incorretos, refaça sua busca com uma palavra maior.